Ambiente Ecoturismo

Cavalcante - GO

Cavalcante é a porta da frente para quem entra na Chapada dos Veadeiros. Cerca de 70% da área do parque nacional que protege a região está dentro do município. Existem mais de 100 cachoeiras próximas à cidade, que é circundada pelos cânions da chapada, ideal para esportes de aventura.

Envie para um amigo

O turismo religioso também movimenta a região, principalmente na romaria das comunidades quilombolas em homenagem a Nossa Senhora da Abadia, que atrai mais de mil romeiros.

 

História e Cultura

Cavalcante foi fundada no século XVII e teve um aumento da população com a descoberta do ouro. O povoamento de Cavalcante tem duas origens: de um lado por causa da mineração, quando Bartolomeu Bueno, o Anchieta, iniciou a emigração para a região. Na época haviam várias comunidades indígenas vivendo no que hoje é a cidade, que também fazem parte da origem do local. Outra origem seria as comunidades de negros levados como escravos para mineração e os índios escravizados fugiam e formavam comunidades Quilombolas. Essa é a outra origem do povoamento de Cavalcante, que possui até hoje cerca de 20 comunidades, denominadas Kalungas.

 

Clima

O clima é quente e semi-úmido, com regime de verões chuvosos e invernos secos. As chuvas começam em setembro e atingem o máximo em novembro e o mínimo no trimestre junho-julho-agosto. É recomendável para a prática de aventura o período de estiagem na região, quando o calor fica mais ameno. A temperatura média anual é de 24 a 26ºC.

 

Vegetação e relevo

Cavalcante está situada na zona do Cerrado brasileiro, que se assemelha às savanas africanas, um local de grama baixa e árvores de tronco fino e retorcido, um visual único no país todo. Próximo dos rios a vegetação fica mais densa.

Por estar no meio da Chapada dos Veadeiros, Cavalcante é influenciada pelas montanhas e vales da região. É difícil achar algum lugar plano na cidade. Quando olhar ao redor o visitante poderá ver as mesas da chapada, de formação no período Pré-Cambriano, entre 1.700 e 1.100 milhões de anos atrás. O Parque apresenta altitudes variáveis de 600 a 1.700m acima do nível do mar, com relevo horizontal levemente ondulado e de solos rasos.

 

Alimentação

A comida típica da região é o feijão tropeiro servido na folha de bananeira. Procure os restaurantes das melhores pousadas para experimentar este prato típico.

 

Hospedagem

Grande parte dos hotéis e pousadas de Cavalcante fica na zona rural do município. Alguns hotéis fazenda organizam caminhadas para cachoeiras e outros passeios. É possível ficar em pousadas situadas em reservas naturais, ou acampar.

 

Dicas gerais

É recomendável tomar vacina contra febre amarela. Mesmo com poucos incidentes da doença na região, é importante prevenir. A região ainda é pouco explorada, não deixe de contratar um guia ou operadora credenciada. Cavalcante não possui caixa automático de banco, leve dinheiro ou talão de cheque. Para fazer trilhas e ecoturismo, procure também a associação de guias locais através do Centro de Atendimento ao Turista de Cavalcante - CAT; telefone: (62) 3494-1507

 

Atrações

Cachoeira Boa Brisa: Uma trilha fácil de seis quilômetros leva à cachoeira, que possui um grande lago para banho, com praia de areia.

Cachoeira Santa Barbara e Cachoeira Capivara: É pago uma taxa para entrar no engenho dos Calungas e depois seguir para as cachoeiras.É preciso de um guia para poder chegar no local. Nas redondezas de Cavalcante existem outras cachoeiras que podem ser visitadas , vale a pena.

Cachoeiras do Rio da Prata: O complexo de cachoeiras do Rio da Prata fica a 67 quilômetros de Cavalcante por estradas de terra. Existem quatro quedas próximas uma das outras, todas com pequenos lagos.

Cânion Curiola: Fica a 130 quilômetros de Cavalcante por estradas de terra em bom estado. É possível fazer caminhadas e Canyoning.

Fontes de Águas Termais: Na Fazenda Caldas a 45 quilômetros de Cavalcante é possível encontrar uma piscina com águas termais. A região chama-se Vão do Rio Preto e o acesso é por uma estrada de terra em bom estado. Outras fontes existem a 130 quilômetros, em grutas do rio Vermelho, mas não são exploradas.

Ponte de Pedra: Um local cavado pelo rio São Domingos formando uma ponte na pedra. O melhor do passeio é a caminhada de seis quilômetros até a fazenda Renascer, pelo topo da serra, que proporciona uma linda paisagem.

Praias do Rio das Almas: Pequenas praias de areia com águas calmas em ambiente selvagem. Fica a cinco quilômetros antes da chegada em Cavalcante pelo asfalto.

Rio Claro: Local ainda pouco explorado para a prática de rafting. São dez quilômetros de corredeiras com acesso fácil a resgate e nível de dificuldade moderado.

 

http://webventure.estadao.com.br



Publicidade

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.