Ambiente Ecoturismo

Eldorado Paulista - SP

Uma das principais regiões auríferas do Brasil colonial, a cidade de Eldorado goza desde 1995 do status de Estância Turística. Em vez do ouro, o quarto maior município do estado de São Paulo em extensão oferece a seus visitantes vasta flora, riquezas naturais e muitas opções para a prática de esportes de aventura, em razão do relevo do Vale do Ribeira.

Envie para um amigo

A região apresenta profundos vales, tomados por pequenos córregos e ribeirões de águas cristalinas, além de quedas d’água.

 

História e Cultura

Eldorado Paulista possui 13.884 habitantes.

 

Clima

Situa-se ao sul do estado, na região do Vale do Ribeira, e possui clima quente e úmido, por diversas vezes chuvoso. Tem temperatura média anual de 22 graus Celsius.

 

Vegetação e relevo

Tem 30% do território ocupado por unidades de conservação, como o Parque Estadual Intervales e o Parque Estadual do Jacupiranga, destinados à preservação da Floresta Atlântica.

Quarto maior município de São Paulo, com área de 171.200 hectares. Está a 29 metros de altitude e seu ponto mais alto é o pico de serra do André Lopes, com 1.019 metros de altitude.

 

Alimentação

A maioria dos restaurantes serve comida caseira. Na Praça Nossa Senhora da Guia são encontradas diversas lanchonetes para fast food.

 

Hospedagem

A cidade conta com razoável rede de hotéis, a maior parte concentrados no centro.

 

Dicas gerais

É necessário atenção em meio às trilhas que dão acesso às cachoeiras. A maioria delas é extremamente escorregadia.

 

Atrações

Cachoeira da Barroca Funda: Local para banho de cachoeira de água límpida, ideal para pequenos grupos de pessoas.

Cachoeira do Sapatu: Cachoeira com piscina natural de águas límpidas, que tem acesso pela SP-165, a 28 quilômetros do centro da cidade e mais 150 metros de trilha. Ideal para grupos de até 20 pessoas.

Gruta da Tapagem/Caverna do Diabo: Também conhecida como Caverna do Diabo, o local pode receber a visita de estudantes de qualquer idade, em razão da infra-estrutura que possui. A caverna apresenta quase 600 metros abertos para visitantes, com passarelas de concreto com corrimão, iluminação e escadas. O acesso custa cinco reais.

Mirante do Angico: É um dos mais altos pontos do município de Eldorado. Dele, tem-se a visão da cadeia de montanhas que formam a Serra do André Lopes.

Mirante do Cruzeiro: Possui 510 metros de altura. Pode-se praticar o rapel diurno e noturno em um paredão com 20 metros.

Salto Usina: Localizado a 10 quilômetros de distância da cidade, possui uma lanchonete com banheiros, quatro quiosques, com churrasqueira e pia. Conta com piscinas naturais e as ruínas de uma das primeiras usinas hidrelétricas do estado, que abastecia Eldorado em meados do século.

Trilha do Bugio: Localizada na Mata Atlântica, a trilha possui cinco quilômetros de extensão e permite a identificação de várias espécies da flora e fauna, além de dar acesso à Cachoeira do Araçá e a três cavernas selvagens.

Vale das Ostras: Trilha pela mata que acompanha o Ribeirão das Ostras, que passa por nove cachoeiras até a chegada à maior delas, a Queda de Meu Deus, com aproximadamente 53 metros de altura.

Vale do Rio Batatal: A 40 quilômetros da cidade, apresenta uma trilha no meio da Mata Atlântica e dá acesso à Cachoeira da Luz. É propício para o cascading e para o bóia-cross

 

http://webventure.estadao.com.br



Publicidade

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.