Engenharia Sanitária

 

 

Engenheiros sanitaristas são profissionais responsáveis pela elaboração de projetos de saneamento básico – água, esgoto, drenagem pluvial, resíduos. Fiscalizam e fazem a manutenção e ampliação de obras de saneamento básico para garantir o bem-estar e a qualidade de vida dos cidadãos.

Embora haja campo de trabalho praticamente inesgotável em saneamento básico – cuja situação é preocupante, tanto no interior do país como nas capitais – o mercado para o profissional da área está estreitamente ligado aos investimentos do governo no setor. As maiores chances de trabalho estão nas regiões Sul e Sudeste, onde concentra-se a maior parte dos investimentos do governo no setor. No setor público, por exemplo, cerca de 300 engenheiros trabalham nessas regiões enquanto no resto do país trabalham cerca de 250. Na iniciativa privada, engenheiros sanitaristas encontram boas oportunidades na área de tratamento de resíduos industriais.

As instituições que oferecem engenharia sanitária são:

  • Universidades federais (UF)

BA: Salvador – UFBA

MT: Cuiabá – UFMT

PA: Belém – UFPA

SC: Florianópolis – UFSC

  • Outras instituições:

SP: Campinas – Pontifícia Universidade Católica (PUCCAMP)

 

Ambiente Brasil