Ambiente Educação

Geologia - Geólogo

Geólogos pesquisam a origem, evolução e composição dos elementos que formam a superfície e crosta terrestres.

Envie para um amigo

 

Geólogos pesquisam a origem, evolução e composição dos elementos que formam a superfície e crosta terrestres. Analisam depósitos de minerais, bacias petrolíferas, fissuras geológicas, lençóis de águas subterrâneos, fósseis vegetais e animais. Estudam as erupções vulcânicas, terremotos e erosão terrestre. Seu trabalho tem grande impacto social e ambiental. Podem ser descobertas, a partir das pesquisas, pistas sobre a formação e evolução do planeta e definidas formas mais racionais de aproveitamento dos recursosminerais, evitando a erosão de terrenos ou a poluição de águas subterrâneas.

A geologia é dividida em várias especialidades, como a paleontologia, que estuda fósseis vegetais e animais; a hidrogeologia, que estuda as águas subterrâneas; a geologia marinha, que estuda os minerais no solo e subsolo do mar. A proximidade entre a geologia e outros campos do conhecimento deu origem a novas disciplinas, como a geofísica e a geoquímica.

Mercado de trabalho

A mineração, uma das áreas que mais contratam geólogos, passa por um processo de reestruturação, com um projeto de lei que cria novas regras para a pesquisa mineral. E ainda é cedo para saber como essas reformulações afetarão o mercado de trabalho nos próximos anos. Mas no setor de prospecção e exploração do petróleo, o mercado é crescente. "As áreas de hidrogeologia (captação de água de aquíferos) e ambiental também estão muito bem", diz Francisco Tognoli, coordenador do curso de Geologia da Unisinos. O mercado de petróleo se concentra especialmente no Rio de Janeiro, mas a Petrobras também está presente em cidades como vitória (ES), Aracaju (SE), Natal (RN) e Santos (SP). A mineração é mais forte nos estados de Minas Gerais, Pará e Bahia. O setor de geologia ambiental é marcante nos grandes centros urbanos, como Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Porto Alegre (RS). Já o trabalho com águas subterrâneas tem demanda no país todo.

O campo de atuação do geólogo que mais apresenta oportunidades de emprego nos dias atuais é o da de engenharia geológica. Isso porque grandes obras de infraestrutura, como a construção de edifícios, pontes e túneis, exigem estudos do solo e das rochas para garantir sua sustentação. Além disso, nesse campo o geólogo também elabora estudos sobre o impacto ambiental que a obra irá causar.

A indústria da mineração também tem um índice elevado de contratação de geólogos. Isso ocorre devido à grande exploração de jazidas de petróleo e gás na costa marítima nacional. O campo de trabalho com hidrogeologia e estudos das águas subterrâneas também apresenta boas oportunidades de emprego.

As melhores escolas

DF Brasília UnB.

SP São Paulo USP.

BA Salvador UFBA.

CE Fortaleza UFC.

MG Belo Horizonte UFMG.

Ouro Preto Ufop Eng. Geológica.

PA Belém UFPA.

PE Recife UFPE.

PR Curitiba UFPR.

RJ Rio de Janeiro UFRJ.

RN Natal UFRN.

RS Porto Alegre UFRGS. São Leopoldo Unisinos.

SP Campinas Unicamp. Rio Claro Unesp.

AM Manaus Ufam.

MT Cuiabá UFMT.

RJ Rio de Janeiro Uerj.

SE São Cristóvão UFS.

Curso

O bacharelado começa com matérias básicas, como química, matemática, física e biologia, mas já no primeiro ano o aluno tem atividades de campo para se familiarizar com os conteúdos próprios da Geologia. Em seguida, entram no currículo algumas disciplinas específicas, como petrógrafa (descrição e análise de rochas), sedimentologia e paleontologia. A partir do terceiro ano, a ênfase é dada à formação profissional, com aulas de geologia econômica, sensoriamento remoto, tratamento de minérios e geologia urbana, entre outras. Parte considerável da formação ocorre em aulas práticas extraclasse. Nos trabalhos de campo, o estudante faz mapeamentos e coleta material que serão mais tarde analisados em laboratório. Em algumas escolas, exige-se, no último ano, um trabalho de conclusão de curso, que pode ser feito em campo ou em uma empresa, de acordo com o tema escolhido. Na UFPel (RS) e na Ufop (MG), o curso é denominado Engenharia Geológica. 

Duração média: 5 anos.

O que você pode fazer

Engenharia geológica

Fazer o levantamento geológico e geotécnico de áreas para a construção de represas, túneis e estradas. Estudar a recuperação de áreas degradadas por atividades de mineração.

Geofísica

pesquisar os fenômenos elétricos, térmicos, magnéticos, gravitacionais ou sísmicos do planeta.

Geologia ambiental

Planejar a ocupação de territórios e avaliar o risco geológico (erosões, enchentes e deslizamentos) a que essas regiões possam estar submetidas. Recuperar solos contaminados.

Geologia forense

Aplicar técnicas de geologia para elucidação de crimes.

Geologia do petróleo

Localizar e explorar reservas petrolíferas e de gás natural, dentro da área de recursos energéticos.

Hidrogeologia

Descobrir depósitos de água subterrâneos e planejar sua exploração de forma a garantir a pureza das águas.

Mineralogia

Estudar minerais e gemas, descrevendo e quantificando suas propriedades para uso industrial ou em joias.

Paleontologia

Localizar sítios que guardam fósseis, de modo a proteger o patrimônio paleontológico nacional.

 

Ambiente Brasil guiadoestudante.abril.com.br www.guiadacarreira.com.br



Publicidade
Confira as principais Tags do ambiente Educação 60's 70's 80's 90's Acre Agenda 21 Agricultura Agronomia Água Alagoas Alimento Amapá Amazonas Ambientais Ambiental Ambiente Anos Aproveitamento de água Aquicultura Área de Preservação Arqueologia Arqueólogo Arquiteto Arquitetura Artigo Árvore Educacional Bahia Bibliografia Bibliotecas Biodiversidade Biologo Bioprocessos Biotecnologia Cadeia alimentar Calendário Capacitação Profissional Cartilha Cartografia Caule Ceará Ciências Ciências do mar Combate a pragas Comemorativas Consciência Consciência Ecológica Conservação Conservação Ambiental Consumidores Consumo Sustentável Cultura Data Datas Dengue Desenvolvimento Sustentável Desordenada Dinheiro Distrito Federal Diversidade Biológica Doenças Dúvidas Eclipse Ecologia Economia Ecosistema Educação Educação Ambiental Engenharia Escola Espírito Santo Estações do Ano Estado Fauna Feriado Festa Junina Financiamento Flor Florestal Florestas Foco do mosquito Fogos Fogueiras Folha Fotografia Frutas Nativas Fruto Geofísica Geografia Geologia Gerenciamento Ambiental Gestão ambiental Glossário Goiás História Impactos Ambientais Incorporação do EA Industrial Inserção de critérios ambientais e sociais Inserção Profissional Instituições Interespecíficos Internacional Intra-específicos Legislação Lei Ambiental Leitura Links Livros Madeira Madeireira Manacial Mato Grosso Meio Ambiente Meio-Ambiente Minas Gerais Mundo Núcleos O que é Oceanografia Pantanal Pará Paraíba Paraná Patrimônio Percepção Perguntas Pernambuco Pesca Piauí Políticas Ambientais Praia Prêmio Prêmio Ambiental Preservação Ambiental Preservação do Meio Ambiente Prevenção Profissionais Programa identificado como A3P Projetos Projetos ambientais Proteção Proteção ao meio-ambiente Qualidade Ambiental Qualidade da água Quimica Racismo Raíz Real Reciclagem Recursos Hídricos Recursos Naturais Responsabilidade Ambiental Rio de Janeiro Rio Grande do Norte Rio Grande do Sul Riscos Ambientais Rondônia Roraima Rural Sanitária Santa Catarina São Paulo Satisfação Selos Sementes Sensibilização Sergipe Socio-ambiental Sustentabilidade Tecnologia Tecnólogo Textos Educativos Tocantins Tráfico de animais Tratamento de Efluentes Urbanização Uso Sustentável de Recursos Naturais Zona Costeira

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.