Tamandaré – PR

História e Cultura

A palavra Tamandaré é de origem indígena e seu significado é repovoador. Segundo a lenda, “o repovoador” era um pajé a quem o grande deus dos Trovões, Tupã, avisou que iria exterminar os homens. Assim, quando houve o dilúvio, Tamandaré já se encontrava na arca com sua família, onde ficou até o fim das chuvas, voltando em seguida às terras secas para reiniciar o seu povoamento.

 

 

Clima

Como a maioria das praias da região nordeste, a temperatura é alta o ano todo com períodos de chuva durante o inverno.

 

Vegetação e relevo

A região abriga duas Áreas de Proteção Ambiental, a APA de Guadalupe e a APA Costa dos Corais. A primeira se localiza ao sul de Tamandaré e abrange a reserva florestal da Mata Atlântica, estuários, manguezais e bancos de corais. A Costa dos Corais é a mais recente e maior unidade de conservação marinha criada no Brasil, protege os recifes costeiros localizados entre o litoral sul de Pernambuco e norte de Alagoas. Nessa área, encontram-se os mais desenvolvidos e preservados recifes de corais costeiros do Brasil.

O relevo da região é formado por praias, bancos de areia e recifes, além de rios, como o Formoso que deságuam nas praia.

Alimentação

Fique atento nos restaurantes e pergunte para quantas pessoas é a meia porção. Normalmente, meia porção serve bem duas pessoas.

 

Hospedagem

Muitos hotéis estão sendo construídos na região. Há opções das mais simples até as mais luxuosas.

 

Dicas gerais

Quando estiver mergulhando em águas rasas fique atento para não pisar em nenhum ouriço, pois a região é cheia deles. Tamandaré é tão tranqüila que vale a pena visitar a cidade durante o fim de semana. Muitos restaurantes fecham durante a semana, pois não há movimento. Portanto, se você for para lá na baixa temperada, tente visitar a cidade em um fim de semana.

 

Atrações

Cachoeira do Bulha e Mirante do Oitizeiro: A cachoeira do Bulha tem, aproximadamente, 7 metros de altura e é uma boa opção para um banho gelado de água doce. Mas se a vontade for ter uma vista panorâmica da cidade vale a pena visitar o mirante do Oitizeiro, ponto mais alto da cidade. Ele serviu como observatório da praia durante a Segunda Guerra Mundial. Lá se encontra um grande oitizeiro (árvore), com uma fenda natural bem no meio dele.

Mergulho nas piscinas naturais: Bem em frente à praia principal há muitos pontos de mergulho. Diversos corais recortam o litoral de Tamandaré, oferecendo ótimos pontos para mergulhar. As águas são super calmas e a transparência da água é incrível. Para ir aos melhores lugares, pegue uma jangada. Os barqueiros sabem exatamente onde são os melhores lugares. É uma experiência linda. A região pertence a APA (Área de Proteção Ambiental) Costa dos Corais, a maior unidade de conservação marinha do Brasil.

Praia dos Carneiros: A praia dos Carneiros sempre é citada entre as dez mais bonitas do Brasil. Ela fica a apenas a 5 quilômetros do centro de Tamandaré e ainda conserva sua beleza. Lá o Rio Formoso deságua no mar. A praia tem cerca de 5 quilômetros de extensão e é toda emoldurada por grandes coqueiros.

 

http://webventura.estadao.com.br