Guigó ou Sauá (Callicebus personatus)

 

Classe: Mammalia

Ordem: Primates

Família: Cebidae

Nome científico: Callicebus personatus

Nome vulgar: Guigó ou Sauá

Categoria: Vulnerável

q

Características: Esta família compreende a maioria dos primatas neotropicais. São pequenos em relação aos outros primatas e raramente descem ao solo. O gênero Callicebus, que em latim significa macaco lindo, é formado por macacos de médio porte. Utilizam florestas primárias, secundária, estratos baixos de matas de galeria ou borda de largas clareiras no interior da floresta. Sua dieta consiste em 70% de frutos, muitas folhas, sementes macias e insetos. São hábeis saltadores mesmo estando com os filhotes nas costas. Boa parte do dia é utilizada para o descanso. Dormem lado a lado em ramos altos e evitam o encontro com outros primatas. Vivem em pares ou em pequenos grupos familiares de 2 a 5 indivíduos ou são solitários (machos). A reprodução parece não ter época definida nascendo um único filhote com aproximadamente 70 gramas que é carregado pelo pai até o desmame, que ocorre aos 5 meses. A longevidade é de 13 anos. Arborícola onívoro, possui uma vocalização característica que permite sua rápida localização no ambiente.

Peso: De 1 a 2 quilos

Ocorrência Geográfica: No Brasil, da Bahia até São Paulo

Considerando-se que a espécie pode sobreviver em pequenos fragmentos florestais, em termos regionais a caça torna-se o principal fator responsável pela extinção das populações. A destruição do habitat em grande escala tem resultado no isolamento de pequenas populações.

Categoria/Critério: Classificação da UICN: Vulnerável. Anexo da CITES: II

Cientista que descreveu: E. Geoffroy, 1812

Fonte: MMA/SINIMA