Garça-branca-pequena (Egretta thula)

 

Classe: Aves

Ordem: Ciconiformes

Família: Ardeidae

Nome científico: Egretta thula

Nome vulgar: Garça-branca-pequena

Categoria: Vulnerável

Esta espécie distingue-se facilmente da garça-branca-grande (Ardea alba), não só pelo tamanho, mas por apresentar o bico e as pernas negros e os dedos dos pés amarelos. Nos jovens as pernas e os pés são verde-amarelados. Nesta garça as egretas aparecem, nos indivíduos de ambos os sexos, no dorso, na cabeça e no peito durante o período de reprodução.

Alimentação: peixes e invertebrados aquáticos. Para pescar, corre nas margens das coleções de água atrás de cardumes de peixes ou move, rapidamente, um dos pés sob água para atrair suas presas.

Nidificação: o casal constrói uma plataforma de galhos secos sobre uma árvore, geralmente próxima à água e a alguns metros do solo. Neste ninho são postos, com 2 ou 3 dias de intervalo, de 3 a 7 ovos esverdeados ou verde-azulados, que medem cerca de 43 x 32 mm. O casal incuba os ovos durante 25 a 26 dias e, quando nascem os filhotes, que são nidícolas, fornece-lhes alimento regurgitado.

Hábitat: borda de lagos, rios, banhados e nas praias, à beira-mar.

Tamanho: 48,0 cm.

 

Fonte: USP