Itacaré – BA

As praias de Itacaré atraem muitos surfistas, em função das ondas fortes e das águas quentes o ano inteiro, inclusive no inverno. A região possui também rios e cachoeiras que valem a pena ser visitados.

 

História e Cultura

Seus primeiros habitantes foram os índios Pataxós. Já no início do século XVII, os jesuítas chegaram à cidade e construíram a Igreja São Miguel, presente até hoje em Itacaré. Foi um importante porto na época das navegações e começou a declinar com o surgimento das rodovias. A exploração do cacau no século XIX impulsionou sua economia, porém, atualmente, o turismo é a atividade que mais cresce.

 

Clima

Como a maioria dos lugares do nordeste brasileiro, Itacaré pode ser visitado o ano inteiro, pois há sol e águas quentes tanto no inverno, quanto no verão. As chuvas se concentram no período do inverno (julho/agosto), mas não chegam a atrapalhar os visitantes.

 

Vegetação e relevo

A vegetação da região de Itacaré é basicamente Mata Atlântica, predominante na região. Apesar das iniciativas a favor da preservação, o desmatamento já abriu feridas graves no local. Foi recentemente inaugurada uma Área de Proteção Ambiental (APA) no município e também um programa de educação ambiental na tentativa de frear o desmatamento.

Faz parte do cenário de Itacaré o mar da Bahia, praias de areia branca e solta, coqueiros e a vegetação da Mata Atlântica.

 

 

Alimentação

Itacaré oferece diversas opções de restaurantes e bares e a cidade tem como especialidade peixes e frutos do mar. Durante o dia, as cabanas nas praias da Concha e da Ribeira servem bebidas e petiscos.

 

Hospedagem

É possível se hospedar no centro da cidade, mas a maioria das pousadas de Itacaré ficam no bairro da Concha. Não existem grandes hotéis, mas é possível encontrar pousadas aconchegantes nesta região.

 

Dicas gerais

Algumas atrações ficam em propriedades particulares, por isso sempre é bom andar com algum dinheiro.

 

Atrações

Atividades noturnas: A noite é agitada no centro de Itacaré. Pode-se ouvir e dançar desde reggae, na Praia do Coroinha, até forró, no Magia da Bahia Freak Bar. Na Praia das Conchas o luau é garantido.

Cachoeiras: Itacaré possui diversos rios e cachoeiras, sendo as maiores as de Pancada Grande, a do Tijuipe e a cachoeira do Cleandro, perto da cidade.

Praia da Concha: É a praia mais próxima do centro da cidade e também, a mais movimentada. Tem cabanas servindo petiscos e bebidas, onde é possível alugar buggies e barcos para passeio.

Praia da Tiririca: Praia muito conhecida dos surfistas, pois ali acontecem algumas etapas do Campeonato Baiano.

Praia de Jeribucaçu: Esta praia fica a 5 quilômetros ao sul da cidade. Como fica dentro de uma fazenda, o acesso de carro é complicado. A alternativa é seguir a pé pela trilha que leva à praia. Quem preferir entrar de carro, precisará de um 4×4 e autorização do proprietário para abrir a porteira e entrar na fazenda.

Praia de São José, Engenhoca e Hawaizinho: O acesso a estas praias só pode ser feito pelo mar ou por trilhas pela mata. São as preferidas pelos aventureiros.

Praia do Pontal e Piracanga: Estas praias ficam do outro lado do rio e possuem ondas fortes, também boas para o surfe.

Praia do Resende: Também é próxima ao centro da cidade, mas fica vazia e tranqüila o ano inteiro.

Prainha: Esta pequena e belíssima praia é acessível apenas a pé, por uma trilha de meia hora que sai da Praia do Ribeira, uma das mais procuradas durante o verão. O passeio é muito bonito e a praia, simplesmente deslumbrante.

Rio de Contas: Quem quer fazer um programa diferente pode fazer um passeio de aproximadamente quinze minutos por este rio, desembocando em uma cachoeira lindíssima.

 

http://webventure.estadao.com.br