Ambiente Ecoturismo

Ibirama - SC

Localizado no interior do Vale do Itajaí, estado de Santa Catarina, o município de Ibirama virou opção de turismo ecológico e de aventura para os freqüentadores do local.

Envie para um amigo

Dotada de riquezas naturais impressionantes, a cidade oferece belos rios e riachos, mata atlântica virgem e muitas atrações para os amantes dos esportes de aventura. O visitante que chega à cidade vai encontrar opções que vão desde a prática de rafting, rappel, caminhadas ecológicas, canyoning, cachoeiras, entre outras atrações culturais que o local, fundado por alemães e italianos, tem a oferecer.

 

História e Cultura

Fundada em meados de 1897, com a chegada da primeira leva de imigrantes, Ibirama foi colonizada basicamente por alemães e italianos que vieram com o objetivo de desbravar as terras catarinenses. Na época da sua fundação, Ibirama, que quer dizer “Terra da Fartura” era habitada por índios, mas hoje restam poucos na única reserva indígena da região. Uma expedição chefiada pelo diretor da Sociedade Colonizadora Hanseática, Alfred Sellin, fundou em 8 de dezembro do mesmo ano a sede da colônia, que recebeu o nome de Hamônia. Em seguida, uma empresa de navios fez uma oferta aos imigrantes que quisessem vir ao Brasil: quem adquirisse uma passagem, ganhava um lote de terra. E assim, começava a colonização de Ibirama, que obteve este nome durante a II Guerra Mundial.

 

Clima

Clima temperado, com máximas de 40ºC e mínimas de -3ºC. A temperatura média anual é de 21ºC. As chuvas variam de acordo com a época do ano, e é predominante entre os meses de dezembro e março. Chove ocasionalmente durante a primavera.

 

Vegetação e relevo

A vegetação do município de Ibirama é natural, variando de uma comunidade para outra. Aparecem diversos tipos de madeira tais como: canela, pindabuna, óleo, sassafrás, canharana, figueira, peroba, etc. Muitas das árvores encontradas na cidade são de grande valor econômico, utilizadas tanto na indústria madeireira, como também na alimentação, como é o caso do palmito. Outro fator típico da região é o solo de aspecto arenoso nas imediações do município e, ao Norte, solo com cascalho.

Com terrenos um tanto acidentados, a região de Ibirama é cortada por vários ribeirões oriundos do Rio Itajaí do Norte, também conhecido por Rio Hercílio. Estes ribeirões fertilizam o solo para todo tipo de lavoura, fator de riqueza para o município, embora hoje já estejam instaladas várias indústrias de madeira, fécula, metalúrgica e têxtil.

 

Alimentação

Dentro do espírito germânico típico da região, a gastronomia de Ibirama também tem suas características marcantes. Os cafés oferecem tradicionalmente uma variedade de geléias caseiras e melados, além de um bom pão caseiro, cucas e bolos cobertos ora por queijo, ora por farofa de açúcar.

 

Hospedagem

A infra-estrutura hoteleira de Ibirama ainda é muito simples e limitada. A cidade oferece apenas um hotel, três pousadas e dois campings para os turistas.

 

Dicas gerais

Na cidade, não deixe de conhecer a Floresta Nacional de Ibirama, que conta com uma área de 528 hectares de conservação e que possui uma grande diversidade natural, tanto de fauna, quanto de flora. Para o visitante que deseja entretenimento nos aspectos histórico-culturais, a dica é visitar a indústria de farinha São Rafael que possui um antigo moinho movido a água e algumas das sete pontes pênsil espalhadas pela cidade. O turismo religioso também marca presença em Ibirama com a Igreja Evangélica Marthin Luther construída no ano de 1929, com arquitetura em estilo gótico, além do Museu Hansahoehe, que foi instalado num antigo hospital, edificado na década de 1930.

 

Atrações

Cachaças Artesanais: A bebida tornou-se típica na região e por conta disso, duas famílias se tornaram tradicionais neste ramos, na comercialização da cachaça. Podemos citar o Sr. Emínio Moser e família que dedicam-se à lavoura sem o uso de agrotóxicos e à produção de cachaça artesanal, fabricada desde 1960. Já Gilvane Possamai, dedica-se à produção de doce de frutas, melado e cachaça artesanal, bebida que produz aproximadamente 6.000 litros por ano.

Casa do Artesanato: Produzidos em sua maioria de materiais reciclados, a Associação dos Artesãos de Ibirama fabrica manualmente vários produtos, dos mais simples aos mais sofisticados. Na Casa do Artesanato podem ser encontrados doces caseiros, mel, enfeites variados que enfocam temas natalinos, brinquedos educativos, entre outros.

Ferrovia das Bromélias: O local proporciona, durante todo o trajeto, visitas à cachoeiras, antigas pontes ferroviárias e trechos do rio onde é praticado o rafting em sua categoria mais radical. Relembra a topografia da serra do Rio Itajaí-Açú pelo antigo trajeto da estrada de ferro, construída no início do século passado.

Igreja Martin Luther: Erguida em 1929 em estilo gótico, a Igreja Evangélica Martin Luther possui seus quatro lados iguais, harmonizando-se com a paisagem da montanha. O acervo de Paul Aldinger, no mesmo terreno, conta a história de sua construção e do cemitério dos imigrantes.

Ilha das Cotias: Classificada como um pedaço de terra no meio do rio, ligada à uma das margens por uma ponte pênsil, esta ilha conta com 11 mil m² de área e é considerada a maior ilha fluvial de Santa Catarina. Transformado em uma reserva ecológica, o local dispõe de hospedagem, restaurante, camping e trilha ecológica para a prática de trekking.

Rafting Rio Itajaí-Açu: Uma das atrações mais badaladas de Ibirama é a descida de rafting no rio Itajaí-Açú. Segundo especialistas no assunto, este rio é um dos melhores do Brasil para a prática dessa aventura. O percurso total soma 7 km de corredeiras e muita adrenalina. O passeio vale a pena pela emoção e pelo visual espetacular de Mata Atlântica que acompanha toda a descida. Além disso, todo o trajeto é feito em botes infláveis, totalmente seguros, à prova de afundamento, com capacidade para até oito pessoas e guiadas por instrutor.

Serra do Mirador: A serra do Mirador é uma das belezas naturais mais cobiçadas de Ibirama. Pode-se observar uma linda paisagem do pico, que fica a 825 metros de altura. O local também proporciona vôos espetaculares aos amantes do pára pente e asa-delta.

Vale das Cachoeiras: Situado em Ibirama e região, o Vale das Cachoeiras conta com mais de 150 cascatas, que chegam a 86 metros de queda livre, em meio a trilhas da Mata Atlântica. As cachoeiras estão localizadas em pequenas propriedades rurais, que começam a se estruturar para receber os visitantes, com café colonial, almoço típico e hospedagem. As descidas dos canyons e cachoeiras, com os mais diversos níveis de dificuldades, possibilitam muita diversão e emoção, tanto ao principiante, quanto ao mais experiente. Os equipamentos utilizados garantem total segurança aos participantes.

 

http://webventure.estadao.com.br



Publicidade

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.