Educação Rural

 

 

A educação rural é parte integrante do desenvolvimento rural e apóia-se em diretrizes fundamentais que a caracterizam:

 

  • Participação da comunidade. Esta deverá ser da seguinte forma:

Orgânica: desenvolvida pelos organizações de base da comunidade, ou apoiando sua organização.

Permanente: a comunidade deverá se fazer presente ao longo do processo constitutivo.

Democrática: reconhecer o direito de todos de participar num plano de igualdade.

 

  • Desenvolvimento de sua consciência (reflexão). A ação educativa deverá:

Partir dos níveis de consciência já existentes na comunidade.

Proporcionar uma metodologia de análise.

Disponibilizar, para a comunidade, a informação necessária para que ela possa conhecer a interrelação que existe entre sua realidade particular e um contexto social maior.

 

  • Vinculação com a atividade econômica e social (ação). A ação educativa deverá:

Estar fundamentada na experiência direta de trabalho.

Proporcionar elementos para o desenvolvimento de uma tecnologia adequada, valorizando as práticas sociais existentes na comunidade.

 

Diagnóstico Participativo

É um processo de obtenção, sistematização e análise das informações que configuram a situação problemática e o ponto de partida para formular um plano de ação com vistas a superar tal situação. Todo este processo é vivenciado pela comunidade na perspectiva de desenvolver uma consciência crítica, uma percepção mais clara e objetiva dos problemas sociais, econômicos e culturais e um nível de respostas autônomo da comunidade para superar a situação em que se encontra.

 

Características do Diagnóstico Participativo:

  • Relação sujeito-objeto: ambos, comunidade e técnicos não objetivam uma situação da realidade existencial.
  • Objetivo: elevar a capacidade crítica, o nível de consciência e o nível de resposta da própria comunidade.
  • Método: utilização de instrumentos que procurem estabelecer um diálogo na comunidade, promovendo sua livre expressão, elaborados pela comunidade e técnicos.
  • Utilidade: cabe à comunidade elaborar um programa de ação.

 

Redação Ambiente Brasil