Usina Elétrica à Gás de Araucária-PR

 

Produtora independente de energia elétrica, inaugurada em 27 de setembro de 2002, está instalada à Rua Duque de Caxias, 700, em Araucária. Ocupando uma área de 250.000 m2 é o primeiro empreendimento produtor independente de energia elétrica construído no Paraná a utilizar-se do gás natural da Bolívia como insumo energético.
Constitui-se em moderna usina que utiliza a tecnologia também empregada no resto do mundo, chamada ciclo combinado de turbina a gás/turbina a vapor.

São duas turbinas a gás acoplado a duas caldeiras de recuperação de calor que permitem o funcionamento de uma terceira turbina, esta a vapor, totalizando 484.000 kw.

Partem dois circuitos de linha de transmissão de 230 kv até a subestação do Umbará, localizada no Bairro do mesmo nome em Curitiba, operada pela COPEL, interligada ao sistema elétrico brasileiro. O suprimento de gás natural é proveniente do Gasoduto Bolívia-Brasil que passa pela Região Metropolitana de Curitiba, próximo ao terreno da Usina.

A Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil – TBG entrega o gás à Companhia Paranaense de Gás – Compagás, na Estação de Compressão, localizada aproximadamente a 2.500 metros da Usina Elétrica a Gás de Araucária. Deste ponto, até a Usina, o gás natural a ser queimado pelas turbinas da Usina é transportado pela Compagás em volume diário aproximado de 2,2 milhões m3, constituindo-se no maior usuário de gás natural no Estado.

 

q
Concepção artísica da UEG Araucária

 

 

redação ambientebrasil