Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo

 

Arquitetos projetam prédios residenciais, comerciais e industriais, e outras obras, como pontes e viadutos, levando em conta a estética, a funcionalidade, a segurança, os custos e as necessidades do usuário. Atuam em reformas, planejamento urbano, paisagismo, decoração de interiores, desenho industrial e design gráfico, cenografia em teatro, cinema e TV.

Urbanistas planejam a ocupação do solo – traçado de ruas, infra-estrutura urbana, transportes, saneamento, conjuntos habitacionais, poluição e preservação de bairros ou núcleos históricos, para servir de base a decisões das prefeituras ou governos estaduais. Projetam ruas, bairros, cidades; reformam, melhoram e embelezam áreas urbanas.

Paisagistas atuam no planejamento de espaços públicos, como parques e praças, ou em áreas particulares, como jardins residenciais. É uma profissão artística, mas fortemente apoiada em conhecimentos técnicos de desenho, botânica, agronomia e engenharia florestal.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE ARQUITETURA E URBANISMO E ENGENHARIA CIVIL?

Os profissionais das duas áreas intervêm no meio ambiente por meio de construções. O arquiteto projeta e organiza espaços de acordo com critérios de estética, conforto e funcionalidade. Já o engenheiro civil projeta e executa obras. Ambos atuam na construção de edifícios, mas o arquiteto tem exclusividade no trabalho de planejamento urbano e regional, monumentos e patrimônio cultural. Ao engenheiro cabe a responsabilidade por obras de infraestrutura.

Mercado de Trabalho

“As grandes cidades brasileiras têm uma demanda muito grande por habitação, infraestrutura e obras de mobilidade”, diz Valéria Santos Fialho, coordenadora do bacharelado em Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Senac. Isso cria um mercado de boas opções de campo de atuação. O notório déficit habitacional brasileiro torna especialmente promissor o segmento da construção civil voltada para a população em ascensão econômica. Os principais empregadores do arquiteto são empresas do setor público, responsáveis por obras de infraestrutura e urbanização, e construtoras e incorporadoras. A maior parte das vagas está no Sul e Sudeste. No Rio de Janeiro, as obras civis para os Jogos Olímpicos movimentam o mercado de trabalho no setor da construção civil e aumentam a procura por arquitetos. O mercado no litoral do Nordeste também cresce bastante com o incremento do turismo.

As melhores escolas

5 estrelas

BA Salvador UFBA. MG Belo Horizonte UFMG. PE Recife UFPE. RS Porto Alegre PUCRS, UFRGS. SP Campinas Unicamp. São Carlos USP. São Paulo USP.

4 estrelas

AL Maceió Ufal. CE Fortaleza UFC. DF Brasília UnB. GO Goiânia PUC Goiás . MG Belo Horizonte PUC Minas. Uberlândia UFU. Viçosa UFV. MS Campo Grande UFMS. PA Belém UFPA. PB João Pessoa UFPB. PE Recife Unicap. PR Curitiba PUCPR, UFPR. Londrina UEL. Maringá UEM. RJ Rio de Janeiro UFRJ Arquitetura e Urbanismo; Comp. Paisagística. RN Natal UFRN. RS Caxias do sul UCS. Porto alegre UniRitter. São Leopoldo Unisinos. SC Balneário Camboriú Univali. Florianópolis UFSC. SP Bauru Unesp. Campinas PUC-Campinas. Presidente Prudente Unesp. São Paulo Belas Artes, Esc. da Cidade – Fac. de Arquit. e Urbanismo.

Curso

O currículo mescla disciplinas das Ciências Humanas e de Exatas. O primeiro semestre é bastante teórico, mas, já a partir do segundo, há maior carga de aulas práticas. Estágio e trabalho de conclusão de curso são obrigatórios.

Atenção: a Uneb-BA oferece um curso especificamente de Urbanismo, que prepara para atuar no planejamento e desenvolvimento das cidades. Já o curso de Composição Paisagística da UFRJ forma o profissional que desenvolve projetos de planejamento paisagístico tanto para casas como para grandes espaços públicos, como praças e parques urbanos. 

Duração média: 5 anos.

O que você pode fazer

Arquitetura de interiores

Organizar o espaço interno, definindo os materiais de acabamento e a distribuição de móveis.

Arquitetura industrial

Planejar projetos para instalação de indústrias, respeitando as normas de segurança.

Arquitetura Verde

Desenvolver projetos residenciais e comerciais que respeitem o meio ambiente e que se integrem com as características naturais do local.

Comunicação Visual

Criar a identidade visual de empresas e produtos, com logotipos e material impresso ou digital.

Paisagismo e ambiente

Desenvolver espaços abertos, como jardins, parques e praças.

Edificação e construção

Projetar e coordenar obras, definindo materiais e controlando prazos e custos.

Luminotécnica

Fazer o projeto de iluminação de grandes e pequenos espaços. Realizar a iluminação de eventos.

Restauro de edifícios

Recuperar casas e prédios antigos ou deteriorados, mantendo as características originais.

Urbanismo

Planejar uma região, cidade ou bairro, criando o plano diretor e o zoneamento.

 

Fonte:
guiadoestudante.abril.com.br