Acqua Ride ou Bóia Cross

 

 

 

qq

A descida do rio é feita geralmente em grupos. O Bóia-Cross é praticado de barriga para baixo, deitando-se sobre a bóia com a cabeça na extremidade frontal da bóia e os pés na parte final da bóia, já praticamente dentro da água. Descer o rio de bóia é uma atividade que dá muito prazer ao participante, por estar num rio de águas cristalinas, com corredeiras que dão ação e emoção, poder apreciar a fauna e flora da mata ciliar que ainda existe nas margens dos rios.

 

Equipamentos: bote inflável, capa para câmara de ar, colete salva-vidas, luvas mão-de-pato, canejoelheiras, capacete, cabo de resgate, roupa adequada (neoprene).

 

Dicas:

– Não encher muito a bóia;

– Fazer duas alças de borracha para carregar a bóia na volta;

– Levar somente máquina fotográfica aquática;

– Levar uma pequena mochila com alimentos energéticos;

– Escolher sempre o caminho na água que tenha mais bolhas de ar;

– Desviar de pedras e galhos batendo a mão;

– Nunca descer o rio sozinho, pelo menos em três pessoas;

– Nunca descer o rio com chuva e ou raios.

 

Locais para a prática:

 

São Paulo

– Rio Atibaia – Atibaia

– Rio Itapanhaú – Bertioga

– Rio Jacaré-Pepira – Brotas

– Rios das Antas – Bueno Brandão

– Rio Barra do Turvo – Barra do Turvo

– Rio Bethari – Iporanga

– Rio Branco – Itanhanhem

– Rio Preto – Joanópolis

– Rio Juquiá – Juquitiba

– Rios Guaxinduva e Piraí – Jundiaí

– Rio Jaguari – Pedreira

– Rio Paraíso – Peruíbe

– Rio Piracicaba – Piracicaba

– Rio do Peixe – São Francisco Xavier

– Rio do Peixe – Socorro

– Rios Assungui, Verde, Turvo, Branco e Cachoeira do Chá – Tapiraí

 

Rio de Janeiro

– Rio Mambucaba – Maromba

– Rio Preto – Visconde de Mauá

 

Outras Localidades

– Faxinal-PR

– Rio Nhundiaquara – Morretes-PR

– Rio Cachoeira – Antonina-PR

– Rio Paranhana – Três Coroas-RS

– Rio Marimbus-BA

– Rio Formoso – Bonito-MS

– Rio Aquidauana-MS

– Rio Bonito-GO

– Rio Jaguari – Monte Verde-MG

Ambiente Brasil