Passivo Ambiental e os Ciclos Produtivos dos Sistemas Econômicos

 

Para melhor entender o surgimento de passivos ambientais, é necessário analisar os diferentes fluxos produtivos dos sistemas econômicos, divididos em dois ciclos básicos:

  • Fluxo produtivo de via única
  • Fluxo de economia de ciclo fechado

 

Fluxo produtivo de via única

No sistema tradicional, ainda representado pelos primórdios da revolução industrial, o processo é iniciado com a extração da matéria-prima, passando pelo processamento primário ou secundário e pelos processos industriais de fábricas e usinas, sendo os produtos finais, bens duráveis ou não, encaminhados para o uso. Os produtos, após utilização, vão para o lixo sendo finalmente depositados em aterros sanitários ou valas comuns. O fluxo de via única retilíneo é mostrado na Figura 1.

 

Figura 1 – Fluxo produtivo de via única

q

Atualmente, os processos produtivos estão se alterando em função da busca permanente da redução de custos, do uso racional de matérias-primas e insumos, ou pela adoção de processos tecnologicamente mais evoluídos ou ambientalmente mais adequados.

O ciclo produtivo de via única, com seus efeitos ambientais nocivos, elevado grau de irracionalidade e falta de economicidade, está sendo gradativamente substituído pela adoção do fluxo da economia de ciclo fechado.

 

Fluxo de economia de ciclo fechado

No fluxo da economia de ciclo fechado, o processo produtivo também se inicia com a transformação de matérias-primas, passando também pelo estágio intermediário da produção e uso dos produtos. A alteração do ciclo se dá após a utilização dos bens, sendo que os produtos de usos industriais, agrícolas, comerciais ou residenciais, como máquinas, equipamentos, instalações ou móveis e utensílios, são separados, reutilizados ou reciclados.

Nesse processo, evidentemente também ainda há restos, ou seja, sobras que sem dúvida vão para o lixo: aterros sanitários, incineração, ou ainda valas comuns.

 

Figura 2 – Fluxo da Economia de Ciclo Fechado

q

O fluxo de economia de ciclo fechado deve ser adotado tanto no ambiente familiar quanto nas empresas e instituições. No familiar, por exemplo, a participação se inicia somente na fase de uso, mas é perfeitamente válida quando se trata de separar o lixo, reutilizar produtos e utensílios e minimizar o lixo com destino final. Portanto, com o fluxo de economia de ciclo fechado, pode-se reduzir e mesmo eliminar o surgimento de passivo ambiental. A opção empresarial está cada vez mais caminhando para a adoção do conceito de produção limpa.

 

Ambiente Brasil