Ambiente Natural

Doenças Tropicais - Doenças de Chagas

O "barbeiro", é um inseto da sub-família Triatominae que se alimenta exclusivamente de vertebrados homeotérmicos, sendo chamados hematófagos.

Envie para um amigo

 

 

É uma doença transmissível, causada por um parasito do gênero Trypanosoma e transmitida principalmente através do "barbeiro", também conhecido por: chupança, chupão, fincão, bicudo, procotó, etc. O "barbeiro", em qualquer estágio do seu ciclo de vida, ao picar uma pessoa ou animal com tripanossomo, suga juntamente com o sangue formas de T. cruzi , tornando-se um "barbeiro" infectado. Os tripanossomos se multiplicam no intestino do "barbeiro", sendo eliminados através das fezes.

Agente etiológico

É um protozoário denominado Trypanosoma cruzi . No homem e nos animais, vive no sangue periférico e nas fibras musculares, especialmente as cardíacas e digestivas: no inseto transmissor, vive no tubo digestivo.

Agente transmissor

O "barbeiro", é um inseto da sub-família Triatominae que se alimenta exclusivamente de vertebrados homeotérmicos, sendo chamados hematófagos. 

Sintomas

Surgem de 4 a 6 dias após o contato do barbeiro infectado com a sua vítima. Entre os sintomas estão inflamações no lugar da mordida do barbeiro, onde também ele deposita suas fezes infectadas, febre baixa e contínua, falta de apetite, aceleramento nos batimentos cardíacos, inchação do fígado, do baço, nas faces e até mesmo no corpo inteiro. O aparecimento de "ínguas" - nome popular dado ao aumento dos gânglios linfáticos também é mais um sintoma. 

Esse quadro é mais comum em crianças de um a cinco anos. Em pessoas mais velhas, esses sinais ficam mais atenuados e a fase inicial da doença pode até passar desapercebida, confundindo-se com uma "gripe" ou "mal estar" passageiro. Caso detectado algum desses sintomas, a pessoa deve procurar logo atendimento médico. 

Profilaxia

Baseia-se principalmente em medidas de controle ao "barbeiro", impedindo a sua proliferação nas moradias e em seus arredores. Além de medidas específicas (inquéritos sorológicos, entomológicos e desinsetização), as atividades de educação em saúde, devem estar inseridas em todas as ações de controle, bem como, as medidas a serem tomadas pela população local, tais como:

- melhorar habitação, através de reboco e tamponamento de rachaduras e frestas;

- usar telagem em portas e janelas;

- impedir a permanência de animais, como cão, o gato, macaco e outros no interior da casa;

- evitar montes de lenhas, telhas ou outros entulhos no interior e arredores da casa;

- construir galinheiro, paiol, tulha, chiqueiro, depósito afastados das casas e mantê-los limpos;

- retirar ninhos de pássaros dos beirais das casas;

- manter limpeza periódica nas casas e em seus arredores;

- difundir junto aos amigos, parentes, vizinhos, os conhecimentos básicos sobre a doença, vetor e sobre as medidas preventivas;

- encaminhar os insetos suspeitos de serem "barbeiros", para o serviço de saúde mais próximo.

 

 

 

Fonte:Fundação Carlos Chagas e Sucen-SP (Superintendência de Controle de Endemias do Estado de São Paulo).



Publicidade
Confira as principais Tags do ambiente Natural "Barbeiro" "Falso Campo" Abelhas Antártica Apicultura Aquecimento global Aquicultura Arqueologia Artigo Atendimento ao Público Bibliografia Biodiversidade Biogeografia Biomas Briófitas Caatinga Camarão Campina Campinara Campos do Sul Campos Gerais Campos salinos Carta da Terra Cartografia Caverna Centros Arqueológicos Cerrado Classificação Clima Conceito Consciência Ecológica Conservação Controle Costeiro Cuidados Dengue Desmatamento Distribuição Geográfica Diversidade Biológica Doença de Chagas Doenças Doenças Tropicais Ecosistema Educação Ambiental El Niña El Niño Engenho Pacuíba Espécies em Extinção Estações Climatológicas Estações Meteorológicas Estepe Estrada do Colono Etnobotânica Exploração Fauna Febre Amarela Fenômenos Climáticos Fertilização Fitográfica Flor Flora Floresta com Araucária Floresta Estacional Floresta Pluvial Tropical Floresta Tropical Florestas Formação Fotosíntese Fungo Geologia Geomorfologia Hidrografia Legislação Leishmaniose Localização Lua Malária Manguezal Mapa Mata Atlântica Mata de Pinhais Meio Ambiente Mel Memorial Meteorologia Mogno Monitoramento Mudanças Climáticas Museus Natural Ocupação Ombrófila Origem Pantanal Parque Nacional do Iguaçu Planetas Plantas Plantas Carnívoras Pólo sul geográfico Prancha de Surf Pré História Previsão Climática Princípios Profilaxia Programas Projetos ambientais Proteção Protocolo Protocolo de Kyoto Pteridófitas Quilombos Referência Bibliográfica Regiões Fitoecológicas Regulamentação Relevo Restinga Revistas Rio Paraguai Sambaquis Savana Sementes Serra do Mar Sítio Arqueológico Solos Terra Vegetação Veneno Zonemanento Ambiental

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.