Ambiente Agropecuário

Dez Motivos para Consumir Produtos Orgânicos

Evita problemas de saúde, são mais nutritivos, mais saborosos, restaura a qualidade da água.

Envie para um amigo

 

 

1. Evita problemas de saúde causados pela ingestão de substâncias químicas tóxicas. Pesquisas e estudos tem demonstrado que os agrotóxicos são prejudiciais ao nosso organismo e os resíduos que permanecem nos alimentos podem provocar reações alérgicas, respiratórias, distúrbios hormonais, problemas neurológicos e até câncer.

 

2. Alimentos orgânicos são mais nutritivos. Solos ricos e balanceados com adubos naturais produzem alimentos com maior valor nutritivo.

 

3. Alimentos orgânicos são mais saborosos. Sabor e aroma são mais intensos - em sua produção não há agrotóxicos ou produtos químicos que possam alterá-los.

 

4. Protege futuras gerações de contaminação química. A intensa utilização de produtos químicos na produção de alimentos afeta o ar, o solo, a água, os animais e as pessoas. A agricultura orgânica exclui o uso de fertilizantes, agrotóxicos ou qualquer produto químico; e tem como base de seu trabalho a preservação dos recursos naturais. 

 

5. Evita a erosão do solo. Através das técnicas orgânicas tais como rotação de culturas, plantio consorciado, compostagem, etc., o solo se mantém fértil e permanece produtivo ano após ano.

 

6. Protege a qualidade da água. Os agrotóxicos utilizados nas plantações atravessam o solo, alcançam os lençóis d'água e poluem rios e lagos.

 

7. Restaura a biodiversidade, protegendo a vida animal e vegetal. A agricultura orgânica respeita o equilíbrio da natureza, criando ecossistemas saudáveis. A vida silvestre, parte essencial do estabelecimento agrícola é preservada e áreas naturais são conservadas.

 

8. Ajuda os pequenos agricultores. Em sua maioria, a produção orgânica provém  de pequenos núcleos familiares que tem na terra a sua única forma de sustento. Mantendo o solo fértil por muitos anos, o cultivo orgânico prende o homem à terra e revitaliza as comunidades rurais.

 

9. Economiza energia. O cultivo orgânico dispensa os agrotóxicos e adubos químicos, utilizando intensamente a cobertura morta, a incorporação de matéria orgânica ao solo e o trato manual dos canteiros. É o procedimento contrário da agricultura convencional que se apoia no petróleo como insumo de agrotóxicos e fertilizantes e é a base para a intensa mecanização que a caracteriza.

 

10. O produto orgânico é certificado. A qualidade do produto orgânico é assegurada por um Selo de Certificação. Este Selo é fornecido pelas associações de agricultura orgânica ou por órgãos certificadores independentes, que verificam e fiscalizam a produção de alimentos orgânicos desde a sua produção até a comercialização. O Selo de Certificação é a garantia do consumidor de estar adquirindo produtos mais saudáveis e isentos de qualquer resíduo tóxico. No Brasil existem 45 produtores com o selo orgânico fornecido pelo IBD (Instituto Biodinâmico de Desenvolvimento Rural).

 

 

Redação Ambiente Brasil



Publicidade
Confira as principais Tags do ambiente Agropecuário Açai Acerola Agricultura Agroecologia Agroflorestais Agropecuária Agropecuárias Agrotóxicos Água Alimentação Alimentos Orgânicos Ambientais Ambiental Animais Animal Orgânico Área de Preservação Assentamento Atividades econômicas Autossuficiência Avaliação Benefícios Bibliografia Biodinâmica Biodiversidade Biologia do Solo Biológicas Biorremediação Braquiárias Brasil Café Camu-Camu CAR Características Caramujo Censo Agropecuário Cerca Ecológicas Certificação de Produtos Ciclo do Carbono Clima Cobertura do solo Como Fazer Comprimento da rampa Conceito Conservação Conservação Ambiental Consumo Contaminação Contaminação ambiental Controle Controle Ambiental Controle de praga Convencional Corte Crescimento Econômico Critérios Cultura Cupim Dano e efeitos ambientais DDT Declive Definição Dejetos Desertificação Dessalinização Desvantagens Dificuldades Dioxina Doenças Ecologia Educação Energia Alternativa Erosão Estratégico Estrutura Estrutura Fundiária EXemplos Exploração Extensão Extinção Fatores Feijão Fertilização Fertilizantes Físicas Fitoterápico Florestal Florestas Fontes Energéticas Frutas Nativas Gado de corte Grãos Hidropônico História Impactos Ambientais Indicadores Inseticidas Legislação Lodo Mandioca Manejo Manejo Sustentável Mata Atlântica Matéria Orgânica Medicina Meio Ambiente Migratória Monitoramento Mosca-dos-chifres Natural Nitrogênio Nutrientes Objetivos Ondas do mar Operacional Orgânico Pantanal Particulados Pastagem Pecuária Perda de solo Perigos Permacultura Pesquisa Científica Pimenta Planejamento Planta medicinal Planta Tóxicas Plantas Política Polpa congelada Práticas Conservacionistas Princípios Problemas ecológicos Procedimento Procedimentos Proibidos Produção Produtividade Produtos Programas Projetos Propriedade do solo Proteção Qualidade Nutricional Queimada Químicas Reciclagem Recuperação Ambiental Recursos Naturais Reflorestamento Regiões Requisitos Reserva Legal Rios Riscos à saúde Roraima Rural Saúde Selos Sistema Educativo Situação Soja Solos Suinocultura Tático Técnicas Tecnologia Tipos de Agricultura Topografia Tradicional Transporte Tratamento Tratamento de Efluentes Urbano Uso de terras Uso do Solo Usos Vantagens Velocidade Veneno Vento

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.