Ambiente Urbano

Erros a evitar no cuidado das plantas

Recomendações

Envie para um amigo

 

 

 

  • O escurecimento da borda das folhas pode ser devido à insolação excessiva ou por correntes de ar frio.
  • A podridão cinzenta nas folhas e caules pode resultar de umidade excessiva.
  • Depósitos esbranquiçados nas paredes externas de um vaso de barro são indício de excesso de minerais, devido à adubagem excessiva.
  • Folhas murchas são consequência de um apodrecimento das raízes devido ao excesso de água.
  • Caules novos pendentes podem ser indício de uma planta com excesso de nutrientes.
  • Folhas que amarelecem e caem são sintomáticas de superirrigação
  • A queda das flores dos renovos é igualmente indício de superirrigação ou de sub-irrigação.
  • Folhas definhadas e torcidas em direção da fonte luminosa indicam que a planta está sem luz.
  • Folhas descoloridas é sintoma de iluminação insuficiente.

 

O que se deve evitar no paisagismo urbano (prédios, casas, escritórios, etc.)

  • Jardineiras ou canteiros construídos sobre lages de concreto com profundidade insuficiente para a devida expansão das raízes das plantas.
  • Inexistência ou insuficiência de pontos de drenagem para o escoamento do excesso de água.
  • Plantio de espécies em locais inadequados, prejudicando seu desenvolvimento, como, por exemplo, plantas de porte médio plantadas em vasos pequenos, ou o plantio de árvores em covas rasas ou sobre lajes de concreto, impossibilitando o desenvolvimento das raízes.
  • Início da implantação do jardim antes do término de outras obras, como pintura, iluminação, limpeza final, etc.
  • Poda desregrada e inconseqüente, mutilando as plantas.

 

 

Redação Ambiente Brasil



Publicidade

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.