Ir direto para o conteúdo

Ambiente Brasil. O maior Portal de Meio Ambiente da América Latina

 

 Ambiente Resíduos

Acerte na Latan - PROLATA

É uma iniciativa do Sindicato de Estamparia em Metais no Estado de São Paulo (SIEMESP). Participam 25 empresas direta ou indiretamente relacionadas à fabricação de latas de aço, entre elas a CSN - Cia. Siderúrgica Nacional (folha de flandres) - e o Grupo Gerdau, principal reciclador de sucata ferrosa do país.

Envie para um amigo

 

A lata de aço é a melhor embalagem inventada pelo homem. Dispensa conservantes no envasamento de alimentos e acondiciona bebidas, tintas, produtos químicos e aerossóis. De personalidade marcante, valoriza roupas e acessórios de vestuário, relógios, charutos, CD, perfumes e uma infinidade de outros artigos de consumo que não dispensam elegância.


q

Produzidas com folhas de espessura variável entre 0,06 mm (refrigerantes e cervejas) e 0,18 mm (tintas 18 litros) e eletronicamente soldadas, as latas de aço venceram o obstáculo do peso específico que fazia sombra às suas vantagens de resistência mecânica e inviolabilidade totais. No manuseio, supera os concorrentes na velocidade de envasamento (800 unidades por minuto, no óleo comestível) e resiste às oscilações de temperatura, oferecendo barreira contra a luz, microorganismos e predadores extrenos.

Os alimentos são embalados logo após o processamento. Alguns vegetais chegam a peder todos os seus nutrientes depois de alguns minutos de cozimento. Na alta de aço, são cozidos em segundos, dentro de autoclaves se altas pressão e temperatura. Produtos agressivos são embalados, transportados e armazenados com total segurança.

Prática, versátil e resistente, a lata de aço agregou, às suas propriedades intrínseca, tecnologias de última geração em design, construção, processamento e envase. Por isso, o surgimetno de novos materiais não afetram a sua liderança no mercado de embalagens.

Prolata

O Prolata - Programa de Valorização e Incentivo ao Consumo da Embalagem Metálica - é uma iniciativa do Sindicato de Estamparia em Metais no Estado de São Paulo (SIEMESP). Participam 25 empresas direta ou indiretamente relacionadas à fabricação de latas de aço, entre elas a CSN - Cia. Siderúrgica Nacional (folha de flandres) - e o Grupo Gerdau, principal reciclador de sucata ferrosa do país.

Fundado em 1992, o Prolata vem atuando junto às empresas, órgãos governamentais, escolas e outros segmentos da sociedade, com três objetivos principais:

  •  Promover a utilização e o consumo da lata de aço, com base nas suas vantagens técnicas e ambientais
  • Aumentar a competitividade do produto
  • Promover as metas de participação social das empresas do setor.


A entidade está estruturada em quatro comitês: Administração, Marketing, Competitividade e Reciclagem. Em contato com o público, funciona o serviço Disque-Aço (0800-17044), que atende chamadas de todo país, em busca de comercialização da sucata proveniente da lata de aço. N ainternet, o Prolata mantém, desde julho de 1998, o site www.prolata.com.br com informações atualizadas sobre o setor, programas de reciclagem e características da lata de aço.

O Comitê de Reciclagem fornece, constantemente, apoio técnico e operacional aos órgãos públicos e programas comunitários de reciclagem, tais como os das prefeituras de Angra dos Reis (RJ), São José dos Campos (SP), Santos (SP) e Porto Alegre (RS0, Sociedade Reciclar (Piracicaba, SP), Hospital São José (Joinville, SC) e Sociedade Amigos do Parque da Água Branca (SP), entre outros.

Na área de Educação, a entidade promoveu, em parceria com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, o primeiro projeto de Educação Ambiental de incentivo à reciclagem do país junto à rede pública de ensino e realiza palestras em escolas e universidades públicas e privadas, estimulando a reutilização e reciclagem de embalagens empregando procedimentos abrangentes que envolvem a participação de todos os materiais descartados.

O Comitê de Marketing administra as relações da indústria com seus diferentes públicos, promovendo a imagem da lata de aço junto ao consumidor, mercado, autoridades e opinião pública, valorizando as propriedades da lata de aço e a filosofia de responsabilidade social do setor. O Comitê responde pelas pesquisas de opinião, publicidade, relações com a Imprensa, publicações, vídeos, Internet e recursos de multimídia utilizados em palestras, congressos, seminários e exposições.

No Comitê de Competitividade se desenvolvem pesquisas, projetos e ações voltados à relação de custo/benefício do setor, com base nos critérios de Qualidade Total, Melhoria Contínua, Preços e Serviços aos Clientes.


Reutilizaçao, Reaproveitamento, Reciclagem

Numa antiga fábrica de Boa Vista, no Acre, montanhas de latas de aço recolhidas do lixo são transformadas em cuias para a coleta da borracha. Nas oficinas promovidas pelo Parque da Água Branca, em São Paulo, crianças aprendem, com o habilidoso artesão, Milton Cruz, como transformar sucata de lata em miniaturas perfeitas de automóveis antigos. Nos escritórios, latinhas de chocolates e balas viram porta-clips, lápis, borrachas e canetas. Em milhares de residências, transformam-se em lamparinas, medidas, instrumentos musicais, objetos de decoração e vasos de plantas.

A lata de aço é a embalagem mais reaproveitada e reutilizada pelo consumidor, mas também pode ser infinitamente reciclada. Nos fornos das siderúrgicas não-integradas à produção de minério, cerca de 230 mil toneladas de latas descartadas após o consumo - 30% da produção nacional - convertem-se em vergalhões, arame, aço plano ou laminado para diferentes aplicações, economizando energia e recursos naturais. A cada 75 latas recicladas salva-se uma árvore que se transformaria em carvão vegetal. A cada 100 latas refundidas, economiza-se o equivalente a uma lâmpada de 60 Watts, acesa durante uma hora.

Não é por acaso que, nos países industrializados, o cidadão paga taxas diferenciadas pela coleta de lixo e, em alguns desses países, o próprio fabricante de embalagem se responsabiliza pelo destino final de seu produto. Reciclar é importante. Escolher produtos embalados em amteriais considerados amigos da natureza é um direito e uma obrigação de todos.

Endereços úteis:

PROLATA (Sindicato da Indústria de Estamparia de Metais no Estado de São Paulo)
Av. Paulista, 1313, 8 andar CEP 01311-200.
Fone (11) 0800-172044.
Fax (11) 289-2856.

SINDINESFA/INESFA - Sindicato Nacional do Comércio Atacadista de Sucata Ferrosa e Não Ferrosa e Instituto Nacional das Empresas Preparadoras de Sucata Não Ferrosa e de Ferro e Aço.
Rua Rui Barbosa, 95, conj. 82
Bela Vista. CEP: 01326-010
São Paulo - SP. Fone (11) 251-0277
Fax (11) 251-0362.

IBS - Instituto Brasileiro de Siderurgia
Av. Rio Branco, 181, 28 andar, Centro. Rio de Janeiro - RJ.
CEP: 20040-007. Fone (21) 2544-3255 - Fax (21) 2262-2234.
Site: http://www.ibs.org.br
E-mail: ibs@ibs.org.br

PROLATA SINDINESFA/INESFA IBS - Instituto Brasileiro de Siderurgia



Publicidade
Confira as principais Tags do ambiente Resíduos Ação Social Acidentes Ambientais Aço ACV Agricultura Água de Coco Alimento Alumínio Amianto Amianto crisotila Análise do Ciclo de Vida ANP Aplicação Arsênio Asbestose Ascaréis Aterro Aterro Controlado Aterro Sanitário Bateria de Ni-Cd Baterias Baterias recarregáveis Benefícios Bibliografia Bifelinas policloradas Biomassa Brasil Cádmio Características Chumbo Classes dos resíduos Classificação Coco Verde Código de Cores Coleta Seletiva Combustível Componentes eletrônicos Compostagem Composto Húmico CONAMA Concreto Asfáltico Contaminação Hospitalar Cuidados Curiosidades Curitiba Decomposição Desperdício Dicas Disposição Final Educação Ambiental Efeito prejudiciais Efeito Tóxico Efluentes Embalagens Embalagens Longa Vida Embalagens plásticas Emissões Atmosféricas Emissões de Poluentes Entulhos Esgoto Estatística EXemplos Experiência Fatores Forro Gerenciamento de Resíduos Gestão ambiental Greenpeace Impactos Ambientais Incineração Índices Industrial Isopor Juiz de Fora Jundiaí Lâmpadas Fluorescentes Lata de Aço Latas de alumínio Legislação Lexiviados Lixão Lixo Lixo comercial Lixo doméstico Lixo Infectante Lixo Tecnológico Lodo Lodo de Esgoto Manejo Manganês Meio Ambiente Mercúrio Metais pesados Metal Monitoramento O que é Óleos Automotivos Óleos Industriais Óleos lubrificantes Óleos usados Óleos Vegetais Papel Periculosidade Perigos PET Pilhas Pilhas alcalinas Pilhas secas Plástico Pneus Polpa moldada Postos de Gasilonas Preservação do Meio Ambiente Processo de re-refino Processo de reciclagem Produtos Produtos Químicos Produtos Recicláveis Programas Projetos Reaproveitamento Reciclagem Reciclagem de Alumínio Reciclagem de òleos Reciclagem de pneus Reciclar Recursos Naturais Redução de Emissão Redução de resíduos Reduzir Resíduo Líquido Resíduos Resíduos gasosos Resíduos Hospitalares Resíduos Inertes Resíduos Não Perigosos Resíduos orgânicos Resíduos Perigosos Resíduos Sólidos Resíduos Tóxicos Resolução Reusar Reutilização Riscos à saúde Riscos Ambientais Rochas Graníticas Saco plástico Sacolas plásticas Saneamento Saúde Serviços de lavanderia Soluções Tempo de degradação Tóxico Tratamento Tratamento de Água Tratamento de Efluentes Tratamento especial Usinas Usos Vantagens Vidro Xisto

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2011 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.