Ir direto para o conteúdo

Ambiente Brasil. O maior Portal de Meio Ambiente da América Latina

 

 Ambiente Energia

A Região Amazônica

Para conhecer a atuação da Eletronorte e sua interação social é fundamental que se fale sobre a Amazônia. E por quê? Simplesmente e porque a região Amazônica é diferenciada do resto do país e do mundo.

Envie para um amigo

 

Para conhecer a atuação da Eletronorte e sua interação social é fundamental que se fale sobre a Amazônia. E por quê? Simplesmente e porque a região Amazônica é diferenciada do resto do país e do mundo. A Amazônia é grandiosa, desafiadora, vasta, continental, intrigante, misteriosa, enfim uma região de diversos e grandes adjetivos, assim como de grandes números. Dados que saltam aos olhos de qualquer leitor por sua ordem de grandeza, quer seja nas dimensões espetaculares de suas terras, flora, fauna e recursos naturais, quer seja nas dissimetrias em relação as demais regiões brasileiras, com dados sociais e econômicos, ao mesmo tempo, preocupantes e desafiadores para uma ação efetiva de governantes, administradores, pesquisadores, políticos, enfim, de todos aqueles que se dedicam a estudá-la e a promover o seu desenvolvimento.

q

Evidentemente, a apresentação do Balanço Social da Eletronorte não pretende descrever a Amazônia com detalhes, mas apresentar um conjunto de informações que, por si só, levem o leitor a uma profunda reflexão e ao melhor entendimento da grandeza, das dificuldades e da responsabilidade que uma empresa de infra-estrutura de energia elétrica tem ao atuar nessa região.

A Amazônia abriga a maior floresta tropical úmida do planeta e, também, o mais importante e complexo sistema de água doce do mundo, com aproximadamente 7 milhões de quilômetros quadrados de área de drenagem (incluindo a Amazônia sul-americana), com cerca de 1.100 rios, dos quais destaca-se o Amazonas com 6.711 quilômetros, da nascente, nos Andes, até a sua foz no Estado do Pará, representando 20% do total das águas doces do mundo que chegam aos oceanos.

Ao lado dessa imensa rede hidrográfica, sua flora e sua fauna, asseguram a Amazônia o título de detentora da maior biodiversidade em todo o mundo. Os leigos acreditam que a região é uma imensa floresta, entrecortada de rios, mas somente 38% da Amazônia estão cobertos com florestas densas, homogêneas e fechadas. Outros 36% correspondem a florestas não densas e 26% a áreas de cerrado, campos ou alteradas pela ação do homem.

A região, que corresponde a 58% do território brasileiro, chamada Amazônia Legal, compreende os Estados do Amazonas, Amapá, Acre, Pará, Rondônia, Roraima, o Oeste do Maranhão, Tocantins e Mato Grosso, todos contando com a infra-estrutura básica de energia elétrica fornecida pela Eletronorte e respectivas empresas estaduais.

Estima-se que vivem hoje na Amazônia cerca de 21 milhões de brasileiros, que, apesar da riqueza e da grandiosidade da região, constituem uma população com significativa parcela excluída das condições mínimas de bem estar econômico e social. Constata-se facilmente essa afirmação ao comparar os indicadores sociais e de serviços públicos oferecidos ao cidadão amazônida, com aqueles das demais regiões brasileiras. Assim, somente 35% da população recebe esgoto sanitário, 68% tem abastecimento de água e 59% conta com a coleta de lixo, apresentando, apenas, 7% do total de telefones disponíveis no país.

Deve-se ressaltar, no âmbito da prestação de serviços públicos, que mais de 70% da população da região Norte tem acesso a energia elétrica, sendo que em alguns estados esse percentual alcança os 80%, demonstrando o enorme trabalho desenvolvido pela Eletronorte em seus 27 anos de atuação na Amazônia, que multiplicou, nesse período, a potência disponível na região em mais de 120 vezes.

Outro aspecto a destacar refere-se a distribuição da população, cuja concentração maior ocorre na banda oriental da Amazônia, onde os estados do Pará e do Maranhão detêm a metade da população de toda a região. Numa área de dimensões continentais a concentração urbana provoca imensos vazios populacionais e conferem a Amazônia uma densidade demográfica de 3,67 habitantes por quilômetro quadrado, a mais baixa das regiões brasileiras que, no total, apresentam uma densidade de 18,38 habitantes por quilômetro quadrado. Observe-se ainda que vivem na região cerca de 140 mil índios, que representam 80% do contigente indígena do país.

Detentora da maior reserva de madeira do mundo, uma enorme reserva de minérios tradicionais (ferro, bauxita, ouro e cassiterita), além daqueles utilizados em modernas aplicações tecnológicas (nióbio, manganês e titânio) e, cerca de metade do potencial hidrelétrico nacional, a Amazônia constitui uma região de grandes desafios e enormes preocupações para as políticas e planos de desenvolvimento que venham a ser traçados, visando a sustentação de seu equilíbrio ambiental, com a exploração racional de seu vasto potencial, aspectos culturais e de segurança nacional, pelo interesse que desperta em todo o mundo.

Esta Amazônia de contrastes e gigantismos, no entanto, produz somente 5% do produto interno bruto nacional, com 9% da população urbana brasileira e 12% do total, que constituem 10% do eleitorado do Brasil.

Atuar nessa região, construindo usinas hidrelétricas e termelétricas, linhas de transmissão e subestações, tem sido, portanto, um desafio gigantesco para a Eletronorte, não somente nos seus aspectos construtivos e empreendedores, mas no que poderia se dizer, o ponto nevrálgico nessa inserção regional - a sua integração social, agregando valores a sociedade amazônica, respeitando o meio ambiente, ofertando serviços, gerando empregos, enfim, dando a cada membro desta sociedade condições de cidadania, qualidade de vida e oportunidades de crescimento.

q

Na região Amazônica de números tão grandiosos, esse é um papel fundamental que a Eletronorte vem cumprindo com total eficiência: o de uma empresa cidadã, plenamente ciente de sua responsabilidade pública. Sua interação social e a gestão de seus recursos humanos, têm sido reconhecidos pelos inúmeros prêmios recebidos ao longo dos últimos anos, como o de qualidade do Governo Federal, ganho por dois anos consecutivos pela Eletronorte e sua unidade regional de Tucuruí, respectivamente, em 1998 e 1999.

Fonte: Eletronorte



Publicidade
Confira as principais Tags do ambiente Energia Ação de Emergência Acidentes Ambientais Acidentes Nucleares Água Águas Profundas Álcool Álcool Etílico Alta pressão Alternativa Energéticas Ambientes Marinhos Angra I Angra II Angra III Aplicação Aproveitamento Armazenamento Arquitetura Bioclimática Artigo Aspectos Socioambientais Aterro Sanitário Atmosfera Modificada Ausência de Emissão Bacias Hidrográficas Biocombutível Biodiesel Biodigestores Biomas Biomassa CaC's Calor da Terra Cana de Açúcar Carvão Carvão Mineral Célula Combustível Célula Fotovoltaica Centro de Defesa Ambiental Césio 137 Chernobyl Co-processamento de resíduos Cogeração Coleta Seletiva Coletor Solar Combustíveis fósseis Combustível Combustível Ecológico Combustível Nuclear Combustível Renovável Combustível Veicular Conservação Ambiental Consumo de Energia Consumo Energético Contaminação Hospitalar Contingências Controle Ambiental Controle de Qualidade Correntes Marítimas Crescimento Econômico Custos Demanda Energética Desenvolvimento Sustentável Distribuição Economia Efeito Fotovoltaico Efluentes Emissão de Gases Emissões de Poluentes Emprego Energia Energia Alternativa Energia Elétrica Energia Eólica Energia Geotérmica Energia Hidrica Energia Limpa Energia Maremotriz Energia não-renovável Energia Nuclear Energia Nucleoelétrica Energia Renovável Energia Solar Energias Renovavéis Engenharia Oceânicas Eólica Etanol Exploração Fauna Flora Marinha Fonte de Combustíveis Fonte não-renovável Fonte Renovável Fontes de Hidrogênio Fontes Energéticas Fontes Orgânicas Fontes Termais Formas de Enxofre Gás Hidrogênio Gás Natural Gases Gases de Efeito Estufa Gases para Embalagens Gasoduto GEE Geração de Energia Gestão ambiental Gestão de Segurança Grau Geotérmico Hidrografia História Horário de Verão Impactos Ambientais Indústria do Carvão Instalação Nuclear Lixo atômico Mar Material radioativo Matriz Energética Medicina Medidas de Segurança Meio Ambiente Mineração Mudanças Climáticas Navios Normas Ambientais O que é Paraná Petróleo Plano de Contingência Plataforma de Exploração Política Energética Potencial Energético Potencial Eólico Potencial Hidrico Potencial Solar Preservação Ambiental PROÁLCOOL Produção de Energia Produção de Gás Produtos Programa de Excelência Projetos ambientais Radiação Nuclear Reciclagem Recuperação Ambiental Recuperação do Óleo Recurso Eólico Recursos Energéticos Recursos Hídricos Recursos Renováveis Redução de Emissão Região Carbonífera Regulamentação Reserva Geológica Reservas Reservatórios Subterrâneos Resfriamento Resíduos Resíduos Agrícolas Resíduos oleosos Resumo Rio Grande do Sul Saneamento Ambiental Setor Agropecuário Setor Transporte Sindicatos Sistema de Cogeração Tecnologia Nuclear Teor de Carbono Termelétrica Three Mile Island Transporte Tratamento de Água Tratamento de Efluentes Tratamento de Resíduos Sólidos Tratamento do Ar Usina Elétrica Usina Nuclear Usinas Eólicas Usinas Termelétricas Vantagens Vazamentos de Óleo Yellow cake Zero Poluição

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2011 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.