Ir direto para o conteúdo

Ambiente Brasil. O maior Portal de Meio Ambiente da América Latina

 

 Ambiente Educação

Projeto Roda D'Água

Como o nome do projeto sugere, a água (mais especificamente os recursos hídricos delimitados regionalmente por uma bacia hidrográfica) é o ponto de partida para a abordagem, o conhecimento, a aprendizagem, as discussões, as conclusões e, finalmente, a conscientização e a tomada de atitudes pró-ativas em relação aos temas ambientais.

Envie para um amigo

 

q

Apresentação

O Projeto Roda d'água é um programa de educação ambiental integrado aos currículos nacionais do ensino básico, às leis que regem o tema no Brasil (Lei de Diretrizes e Bases e Lei Ambiental) e às diretrizes definidas pela Agenda 21.

É apresentado como uma metodologia de ensino que abrange os oito anos do ensino fundamental e os três anos do ensino médio. Por sua característica de projeto, sua aplicação respeita as questões locais de cada região, bem como as diversidades culturais, econômicas e sociais do Brasil.

Como o nome do projeto sugere, a água (mais especificamente os recursos hídricos delimitados regionalmente por uma bacia hidrográfica) é o ponto de partida para a abordagem, o conhecimento, a aprendizagem, as discussões, as conclusões e, finalmente, a conscientização e a tomada de atitudes pró-ativas em relação aos temas ambientais.

Todos os elementos de uma bacia hidrográfica estão inevitavelmente ligados em um único sistema hídrico. Assim, ações descuidadas em relação a qualquer componente da bacia repercutirão naquele sistema como um todo. Questões como crescimento urbano desordenado, uso e ocupação do solo, recursos energéticos, geração de resíduos, deterioração e depreciação de patrimônios devem ser consideradas no âmbito do conhecimento do meio em estudo, para possibilitar um diagnóstico claro que reporte a ações criativas, rápidas e controláveis para o uso racional dos recursos hídricos.

É importante que se tenha uma clara visão sobre a possível relação entre desenvolvimento - quer seja urbano industrial ou rural agrícola - e necessidade de proteção dos recursos hídricos e dos outros recursos naturais.

O Projeto Roda d'água procura trazer, para o educador, instrumentos que facilitem a compreensão e o conhecimento da bacia hidrográfica de sua região e de todos os impactos causados e sofridos por ela como resposta à ação do homem. A utilização de mapas das bacias hidrográficas, fundamental para essa compreensão, é um dos pontos mais fortes deste Projeto. Vale destacar que, para algumas bacias, o Roda d'água desenvolveu mapas específicos; para as bacias que não estão mapeadas , orienta-se a utilização de um mapa local. Tal como uma representação cartográfica , o mapa ilustrativo tem a excelência de aproximar as pessoas do local em que vivem, através da simples observação de sua cidade, seu entorno, suas áreas naturais, habitadas ou não. Por isso, desde o início deste Projeto, o mapa tem representado a ferramenta-base da dinâmica dos demais recursos educacionais desenvolvidos.

Para qualquer projeto em educação ambiental, é fundamental o conhecimento e a compreensão de todas as iniciativas locais sobre o assunto, para que os esforços possam ser somados na busca do melhor resultado. Dessa forma, o Projeto Roda d'água contempla a necessária interatividade entre a escola e o Comitê de Bacia Hidrográfica (CBH) das regiões.

Os Comitês de Bacias Hidrográficas, criados em 1997 pela lei federal número 9433, são órgãos colegiados compostos por representantes públicos estaduais e municipais e da sociedade civil, organizados para a gestão dos recursos hídricos de uma dada região. Constituem importantes fóruns para que a população e suas organizações, sobretudo as escolas, possam participar ativamente na condução e administração mais nobre dos recursos hídricos de sua região, município ou estado.

Assim, o Projeto Roda d'água oferece algumas ferramentas para que, a partir de ações locais - a serem iniciadas na escola e nas comunidades, sejam trilhados os caminhos necessários à transformação social em que a natureza e suas águas sejam contempladas nas mudanças das regras até então vigentes no cotidiano. A responsabilidade dos envolvidos no projeto, como cidadãos, é constantemente abordada e todas as etapas do projeto motivam para ações e para a difusão de valores.

Em um processo constante de integração, alunos e professor são convidados a conhecer e a discutir as questões ambientais através de atividades lúdicas, artísticas, reflexivas, de pesquisa, de estudo do meio etc. As características regionais, em suas perspectivas históricas, culturais, econômicas e sociais são sempre o ponto de partida para o desenvolvimento de uma abordagem mais ampla, aquela que permitirá que os jovens construam uma visão adequada sobre sua comunidade, sobre seu país e, enfim, sobre o grande planeta que habitam.

 

Histórico

Em 1997, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sorocaba e do Médio Tietê, sentindo a necessidade de mapear a bacia, encomendou a Beth Kok um mapa ilustrado que contivesse as informações sobre as características comuns de uso e reuso das águas superficiais e as principais atividades geradoras de impactos ambientais na região.

A aplicação piloto do Projeto Roda d'água aconteceu em escolas públicas do Comitê de Bacia Hidrográfica de Sorocaba e Médio Tietê. O método, os procedimentos e os materiais didáticos escolhidos para o treinamento dos professores mostraram-se ferramentas adequadas para a inserção das questões ambientais nas diferentes disciplinas dos programas curriculares.

Após a experiência e a avaliação de seus resultados, sob a coordenação da equipe técnica da OAK Educação e Meio Ambiente, o projeto passou por dois anos de aprimoramento técnico, científico, sociológico, antropológico, pedagógico e artístico.

Esta versão atualizada, contempla os estudos e informações mais recentes sobre as questões ambientais.

 

O que é?

As unidades hidrográficas definidas como bacias hidrográficas e microbacias incluem o conjunto de atividades antrópicas e naturais localizadas nas áreas delimitadas. Assim, todas as conseqüências das atividades estão inevitavelmente ligadas em um sistema hídrico.

Questões como uso e reuso da água, crescimento urbano desordenado, uso e ocupação do solo, recursos energéticos, geração de resíduos, deterioração e depreciação de patrimônios podem ser abordadas de forma mais racional a partir do conhecimento dos recursos hídricos de uma região.

Conhecer esses recursos a nível local, além de auxiliar para que as questões ambientais sejam reconhecidas dentro da história e da cultura regionais, pode possibilitar um diagnóstico claro que reporte a soluções criativas, rápidas e controláveis para um desenvolvimento racional, com a proteção da água e dos mananciais, e o conseqüente beneficio ao meio ambiente e à qualidade de vida.

O Projeto permite ainda a ampliação de conceitos a partir das questões ambientais como cidadania, ética e responsabilidade social.

 

Como é aplicado?

O Projeto Roda d'água compõe-se de um programa de capacitação para professores do Ensino Básico e agentes comunitários, realizado por equipes técnicas formadas por profissionais das áreas de Educação e Meio Ambiente.

Por meio de atividades orientadas para ambientes externo e interno, workshops e treinamentos para uso do material a ser utilizado como orientador da aplicação com crianças e adolescentes, os participantes terão condições de atingir os seguintes objetivos:

  • Conhecer os recursos hídricos do país;
  • Entender o que é uma bacia hidrográfica;
  • Conhecer e delimitar a bacia hidrográfica de sua região;
  • Conhecer os recursos naturais de sua bacia;
  • Compreender o contexto econômico-social de sua região e sua relação com a bacia hidrográfica;
  • Reconhecer os impactos naturais e antrópicos existentes na região da bacia;
  • Identificar as ações que interferem no sistema natural da região da bacia;
  • Estabelecer relações mais amplas entre os elementos físicos e sociais que compõem e interferem no meio ambiente;
  • Orientar as crianças e jovens para atitudes conscientes em relação aos recursos hídricos de sua bacia hidrográfica e conseqüentemente em relação ao seu meio natural e social.

 

O Roda d´Água é um projeto de Educação Ambiental voltado especialmente às questões mais relevantes sobre proteção, recuperação e conservação dos recursos hídricos dentro de uma bacia hidrográfica.

Numa bacia hidrográfica, muitas vezes o problema de um é a consequência da ação descuidada de outros. Este fato nos remete a um conceito fundamental, o de integração das soluções para os diferentes problemas.

Neste ponto justifica-se o caráter interdisciplinar e aplicado da Educação Ambiental e, em termos de gestão de recursos hídricos, a necessidade de busca de soluções coletivas e integradas.

Apesar da bacia do Rio Sorocaba assim como a do trecho do Médio Tietê serem muito extensas e com características muito diferentes, elas são interligadas por um elemento comum que integra todas essas diferenças, suas águas, que inevitavelmente, sofrem as consequências da ação antrópica em toda a extensão dessa bacia.

Exemplo claro de um conflito e busca de soluções integradas em bacias hidrográficas é o nosso Médio Tietê, que por culpa da região metropolitana de São Paulo recebe as águas já em estado deplorável, sendo objeto de negociações entre os Comitês do Sorocaba e Médio Tietê (CBH-SMT) e do Alto Tietê (CBH-AT).

Questões como crescimento urbano desordenado, uso e ocupação do solo, usos de energia, limites geográficos e políticos, têm que serem trazidas à tona de forma objetiva e concreta de associação das questões ambientais ao dia-a-dia, visando a construção de ovos valores sociais e interpretação da relação sociedade / natureza / desenvolvimento.

Para gerenciar essa situação extremamente complexa de proteção, prevenção e recuperação dos recursos hídricos, foram criados os Comitês de Bacias Hidrográficas em 1991.

São colegiados paritários, democráticos e deliberativos, com representantes das prefeituras, da sociedade civil organizada e de órgãos do Estado. Neste contexto, a Educação Ambiental passa a ser um grande aliado na configuração dos esforços técnicos e políticos na construção dessa nova relação sociedade / natureza / desenvolvimento.

O projeto de capacitação em Educação Ambiental Roda d´Água, representa uma alternativa de parceria inovadora (empresa privada-comitê-escola) ao propor um diálogo entre os participantes como uma forma de aperfeiçoamento, desenvolvimento e cidadania.

Todo o projeto está pautado na valorização profissional do professor enquanto agente multiplicador e formador de opinião, e na Educação Ambiental como um processo transformador e participativo no aprimoramento e busca de parâmetros que permitam identificar e aplicar o conhecimento multidisciplinar e integrador, presente em muitas propostas de Educação que envolvem o Meio Ambiente.

Também para o Comitê, a tentativa de recolocação das questões ambientais sob o ponto de vista social requer um esforço constante de análise e participação que contrapõe-se à imagem romântica e desconectada da realidade.

Embora com uma configuração bem definida, esse projeto não representa uma fórmula mágica. Sem a convicção e o comprometimento de todos os envolvidos, professores, técnicos, coordenadores, diretores e membros do Comitê, todo o trabalho de pesquisa e produção não é suficiente para seu sucesso.

O CBH-SMT acredita, dessa maneira, estar contribuindo para que as intervenções do homem em nosso Meio Ambiente possam se dar de forma mais consciente e responsável.

Em 1997 por ocasião do segundo aniversário do CBH-SMT, sua Secretaria Executiva contratou um serviço bastante especial: a produção de um mapa da bacia que fosse ilustrativo, auto explicativo com informações sobre as características da bacia e dos principais fatores causadores de impactos ambientais no Rio Sorocaba e no trecho Médio Tietê.

A repercussão desse trabalho pela sua qualidade didática deu origem a um projeto de Educação Ambiental, o Roda D'Água.

Foi lançado como projeto - piloto da Bacia Hidrográfica do Rio Sorocaba e Médio Tietê em 16 escolas públicas do Município de Sorocaba, em 05 de junho de 1998, dia Mundial do Meio Ambiente.

Com isso demos início a uma proposta de parceria com o Estúdio Girassol, autor do projeto, que nos permitiu o desenvolvimento conjunto do material “Cadernos de Atividades”, para os professores do Ensino Fundamental e Médio, que passaram então a fazer parte do KIT de material distribuído gratuitamente às escolas participantes do projeto.

A luz da experiência obtida em 1998, que apresentou resultados surpreendentes, todo o material foi revisto, ampliado e integrado ao curriculo das escolas da rede estadual, através de suas Delegacias Regionais de Ensino, e das escolas municipais em 1999.

 

Fonte: www.rodagua.com.br



Publicidade
Confira as principais Tags do ambiente Educação 60's 70's 80's 90's Acre Agenda 21 Agricultura Agronomia Água Alagoas Alimento Amapá Amazonas Ambientais Ambiental Ambiente Anos Aproveitamento de água Aquicultura Área de Preservação Arqueologia Arqueólogo Arquiteto Arquitetura Artigo Árvore Educacional Bahia Bibliografia Bibliotecas Biodiversidade Biologo Bioprocessos Biotecnologia Cadeia alimentar Calendário Capacitação Profissional Cartilha Cartografia Caule Ceará Ciências Ciências do mar Combate a pragas Comemorativas Consciência Consciência Ecológica Conservação Conservação Ambiental Consumidores Consumo Sustentável Cultura Data Datas Dengue Desenvolvimento Sustentável Desordenada Dinheiro Distrito Federal Diversidade Biológica Doenças Dúvidas Eclipse Ecologia Economia Ecosistema Educação Educação Ambiental Engenharia Escola Espírito Santo Estações do Ano Estado Fauna Feriado Festa Junina Financiamento Flor Florestal Florestas Foco do mosquito Fogos Fogueiras Folha Fotografia Frutas Nativas Fruto Geofísica Geografia Geologia Gerenciamento Ambiental Gestão ambiental Glossário Goiás História Impactos Ambientais Incorporação do EA Industrial Inserção de critérios ambientais e sociais Inserção Profissional Instituições Interespecíficos Internacional Intra-específicos Legislação Lei Ambiental Leitura Links Livros Madeira Madeireira Manacial Mato Grosso Meio Ambiente Meio-Ambiente Minas Gerais Núcleos O que é Oceanografia Pantanal Pará Paraíba Paraná Patrimônio Percepção Perguntas Pernambuco Pesca Piauí Políticas Ambientais Praia Prêmio Prêmio Ambiental Preservação Ambiental Preservação do Meio Ambiente Prevenção Profissionais Programa identificado como A3P Projetos Projetos ambientais Proteção Proteção ao meio-ambiente Qualidade Ambiental Qualidade da água Quimica Racismo Raíz Real Reciclagem Recursos Hídricos Recursos Naturais Responsabilidade Ambiental Rio de Janeiro Rio Grande do Norte Rio Grande do Sul Riscos Ambientais Rondônia Roraima Rural Sanitária Santa Catarina São Paulo Satisfação Selos Sementes Sensibilização Sergipe Socio-ambiental Sustentabilidade Tecnologia Tecnólogo Textos Educativos Tocantins Tráfico de animais Tratamento de Efluentes Urbanização Uso Sustentável de Recursos Naturais Zona Costeira

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.