Ambiente Ecoturismo

Snowboard - Surf na neve

O snowboard, um esporte de neve cada vez mais popular, nasceu ao final dos anos 80, começando com o uso de pranchas de madeira parecidas com trenós, em que o esportista se segurava com uma corda presa na extremidade. Em pouco tempo, a evolução tecnológica modificou radicalmente o formato das pranchas e passou a incluir fixações na própria prancha, onde o praticante do snowboard prendia suas botas, a exemplo do ski.

Envie para um amigo

 

Por sua semelhança com esportes jovens como o skate e o surf, passou a ser cada vez mais procurado pelas crianças e adolescentes, que viam no snowboard uma caracaterística mais radical, dentro do espírito de sua faixa etária… e o crescimento do número de usuários passou a ser notável nas pistas de ski do mundo: o que era algo exótico no início dos anos 90, logo passou a ser algo comum, e as fábricas de pranchas e equipamentos específicos para o snowboard se multiplicaram, sendo hoje uma indústria milionária, com eventos e campeonatos disputados em todos os continentes.

Todo centro de esqui oferece equipamentos e roupas de snowboard para alugar e, quase sempre, para vender; da mesma forma, as escolas de ski foram acrescidas das escolas de snowboard, que apresentam técnicas específicas para o aprendizado do esporte, com instrutores especializados nas suas manobras.

O esporte é praticado tanto nas pistas como, com enorme freqüência, no chamado “fora-de-pista”, já que o formato da prancha facilita muito o deslocamento nas áreas de neve fofa – além da habitual característica de “radicalidade “de seus praticantes.

Locais para a prática:

Como não existem, no Brasil estações de esqui, alguns praticantes têm seguido para Argentina e Chile.

Argentina

- Cerro Catedral

- Cerro Bayo

- Cerro Cahpelco

- Valle de Las Leñas

- Caviahue

- Cerro Castor

- La Hoya

Chile

- Antillanca

- El Colorado

- La Parva

- Portillo

- Pucón Villarrica

- Termas de Chillán

- Valle Nevado;

 

Roupas e equipamentos

Todo centro de neve oferece para aluguel as roupas e equipamentos para a prática do snowboard. O estilo de roupas usadas neste esporte costumam ter um caráter “grunge”, são mais informais e soltas do que as utilizadas no ski, e consistem em:

Calças de tecido com isolamento térmico e impermeabilização.

Jaqueta ou Moleton Especial com as características de isolamento e impermeabilização.

Roupa de Baixo, feita de material leve e isolante: ceroula e camiseta 2ª pele. Meias, também de material de alta tecnologia, finas e com ótimo isolamento. Gorro, óculos, luvas, capacete e protetor Lombar.

 

.

 

 

Prancha, com as suas fixações que se adaptam às botas.

 

Botas, com desenho de solado específico para se adaptarem às fixações.

 

.

Aulas de snowboard

Qualquer estação de neve oferece uma escola com instrutores especializados em snowboard, seja para aulas coletivas (de diversos níveis, desde o iniciante que jamais viu neve, até as categorias diversas de experts) em que grupos de até 6 alunos são reunidos conforme seu nível de conhecimento para aulas de, habitualmente, 2 horas e meia; seja para aulas particulares, em que o instrutor é contratado para dar aulas por um número X de horas para um ou dois alunos, num custo bem superior às aulas coletivas. Ter aulas de snowboard, independente do grau de conhecimento do praticante, é sempre importante: irá dar todo o tipo de vantagem para o usuário, seja pelo conhecimento da montanha que irá esquiar, pela melhoria do grau de expertize do praticante, pela criação de um grupo de novos amigos nas aulas coletivas – ou por conseguir um “amigo na montanha”: o seu instrutor.

 

Skilifts

Para chegar na parte de cima das pistas, você irá usar algum tipo de teleférico… estes são conhecidos, internacionalmente, como “skilifts”, e podem ser de diversos tipos – os de arrasto, em que o praticante segue usando seu equipamento para cima, puxado por um cabo; as cadeirinhas, sejam elas simples, de dois e até 6 usuários; as gôndolas, bondinhos, ou trens funiculares. Os skilifts são sempre pagos, e o usuário recebe um “skipass”, em que está descrito o número de dias em que poderá ser usado, e deverá ser portado pelo usuário todo o tempo na montanha, seja pendurado no pescoço, ou grudado no braço, para que sejam inspecionados pelos fiscais que costumam estar ao início de cada teleférico.

 

Quando ir?

Época de ir para a Neve…. as temporadas são divididas em períodos, com valores bastante distintos em função de diversos fatores, seja pela abundancia de neve, pelas férias escolares, ou pelos feriados e datas nacionais. De uma forma geral, podemos classificar as temporadas como:

 

AMÉRICA DO SUL

HEMISFÉRIO NORTE

Periodo

Temporada

Periodo

Temporada

15/06 a 01/07

Baixa

15/11 a 20/12

Baixa

01/07 a 15/07

Media

20/12 a 05/01

Altíssima

15/07/ a 31/07

Alta

05/01 a 01/02

Media

31/07 a 31/08

Media

01/02 a 20/03

Alta

31/08 a 01/10

Baixa

20/03 a 01/05

Baixa

 

Fontes: www.neve.com.br Ambiente Brasil



Publicidade

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.