Ambiente Ecoturismo

Mergulho - Diving

Esporte aquático praticado em rios, mar, lagoas a fim de se observar as belezas submersas. Pratica-se duas formar de mergulho, o livre, com o uso do snorkel e o autônomo, utilizando cilindro de ar comprimido.

Envie para um amigo


Cursos

Mergulho Básico

Curso para quem deseja iniciar a prática deste esporte. Inclui uma parte teórica e outra prática, com aulas em piscina e no mar. As aulas teóricas englobam a física do mergulho, equipamentos, fisiologia do mergulho, tabelas de descompressão, planejamento do mergulho, sinais e toda a técnica e procedimentos relativos ao mergulho. A prática inclui treinamento em piscina e, por fim, o check out ou batismo no mar, com supervisão do instrutor.

Mergulho Avançado
Para quem já se iniciou no mundo do mergulho, este curso oferece novas opções em quatro modalidades:

Mergulho noturno
Fornece a técnica e procedimento adotados nos mergulhos noturnos;

Mergulho profundo
Permite a realização de mergulhos em maiores profundidades;

 * Orientação Submarina: Ensina a orientação, tendo o meio ambiente como referência ou através de equipamentos.
 * Busca e Recuperação - destina-se à busca e recuperação de objetos perdidos no fundo do mar.


Vale lembrar que, conforme a credenciadora ou local de realização deste curso, as especialidades podem ser alteradas, assim como o número mínimo exigido.

Cursos de especialidade

Cursos que proporcionam o aprendizado específico em determinadas áreas.

Mergulho em Cavernas
Realizado em cavernas de água doce ou salgada, é um dos mergulhos mais fascinantes. Tem dificuldades similares ao mergulho em naufrágios, mas com técnicas e cursos específicos. É necessário ter o curso de Mergulho Avançado.

Mergulho em Naufrágios
Este tipo de mergulho leva o mergulhador a penetrar dentro da embarcação naufragada. No curso, são fornecidas fontes de pesquisa, assim como um registro dos naufrágios do Brasil. São apresentadas as dificuldades dos naufrágios, como: a presença de um teto sobre o mergulhador, sedimento, caminhos labirínticos, pouca luz, entre outros e as técnicas adotadas para contornar cada problema.

O pré-requisito é ter um curso de Mergulho Avançado, sendo interessante também ser certificado como mergulhador de Resgate e que tenha a especialidade de Naufrágio sem penetração ou de observação.

Resgate
Capacita o mergulhador para reconhecer e evitar situações de perigo, realizando o auto-resgate, o resgate de terceiros e as técnicas de primeiros socorros.

Nitrox ou EAN (Enriched Air Nitrox)
Mergulho realizado com uma mistura enriquecida de oxigênio, utilizando misturas EAN 32 e EAN 36, que permitem uma maior segurança ou mais tempo de fundo sem o risco de doença descompressiva. É necessário ter o curso básico.

Dive Master ou Supervisor de mergulho
Prepara e treina o mergulhador para o primeiro estágio profissional, que permite planejar e dirigir uma operação de mergulho e atuar como auxiliar do instrutor de cursos. É necessário ser especialista em equipamentos, resgate e computadores.

Assistente de Instrutor
Estágio preparatório para quem deseja ser um instrutor, capacitando o profissional a auxiliar o instrutor em aulas.

Instrutor
Neste estágio o mergulhador já está capacitado a formar novos mergulhadores, em diferentes níveis conforme sua credenciadora. O instrutor revê todas as atividades desde o curso básico, acrescentando os conteúdos pedagógicos e didáticos. Após este nível, há estágios de instrução para novos instrutores, coordenação de cursos e especialidades técnicas.

Instrutor Especialista
Profissional capacitado a ministrar cursos de especialidade. Somente os instrutores com especialidade em computadores, equipamentos e resgate podem formar, além de mergulhadores nessas especialidades, supervisores de mergulho e assistentes de instrutor.

Locais para a prática:

São Paulo

  - Ilha do Cardoso
  - Ilha Vitória
  - Ilha dos Búzios
  - Ilha Bela
  - Ilha Anchieta
  - Ilha das Couves
  - Alcatrazes
  - Ilha das Palmas
  - Laje de Santos
  - Queimada Grande

Rio de Janeiro

  - Paraty
  - Ilha Grande
  - Arraial do Cabo

Fernando de Noronha

  - Praia do Boldró
  - Praia da Conceição
  - Praia do Atalaia
  - Baía do Sancho
  - Baía dos Porcos
  - Baía do Sueste
  - Pedras Secas
  - Buraco do Inferno
  - Ressureta
  - Ilha do Meio
  - Ilha do Frade
  - Ponta da Sapata
  - Morro de Fora
 - Navio do Porto

Outras Localidades

  - Bombinhas -SC
  - Parque Nacional Marinho de Abrolhos -BA
  - Bonito -MS

Conduta Consciente em Ambientes Recifais
Recomendações para visitantes de ambientes recifais

  - Informe-se sobre as normas de uso das Unidades de Conservação visitadas e repeite os regulamentos;
  - Alimentar peixes com sobras e outros alimentos humanos prejudica a saúde dos mesmos;
  - É proibido por lei afundar âncora nos recifes;
  - Ao mergulhar em poças de marés ou áreas de pouca circulação, evite o uso de filtro solar, óleos e cremes que prejudiquem os animais marinhos;
  - Os equipamentos de mergulho autônomo devem ser mantidos perto do corpo do mergulhador para que os mesmos não destruam os corais;
  - Não pise e nem toque nos corais, pois são animais muito frágeis;
  - Em águas rasas evite o uso de nadadeiras, pois se movimentadas bruscamente provocam a quebra de organismos e a supensão de sedimentos;
  - Observe e se informem sobre os horários e ciclos de marés afim de evitar situações imprevistas e perigosas;
  - Comprar e comercializar artesanato produzido com corais é proibido por lei;
  - Ao visitar um ambiente natural, deposite o lixo em local apropriado ou leve-o de volta;
  - A pesca só pode ser praticada com licença do órgão competente, não sendo permitidas em algumas Unidades de Conservação. Evite o uso de arpão e espeto pois afujenta a fauna;
  - Não colete nada, leve dos ambientes recifais apenas memórias e fotografias.

Ambiente Brasil



Publicidade

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.