Ambiente Ecoturismo

Maragogi - AL

Maragogi fica exatamente entre Recife e Maceió, porém já pertence ao estado alagoano. É uma cidade deliciosa, pequena, aconchegante, com um litoral divino e muitas surpresas pelo caminho.

Envie para um amigo

Apesar de ser lembrada por seu atrativo mais conhecido, as piscinas naturais (galés), Maragogi surpreende com passeios de bike até uma antiga fazenda e trekkings em meio a Mata Atlântica.

 

História e Cultura

No começo, Maragogi era um povoado chamado Gamela. No ano de 1887 passou à categoria de Vila com o nome de Isabel, em homenagem à princesa que libertou os negros da escravidão. Em 1892, recebeu o nome de Maragogi devido ao rio que banha o local.

 

Clima

Tropical quente e úmido, a média anual é de 27ºC.

 

Vegetação e relevo

Na região há trechos de mata atlântica, restingas, manguezais e recifes.

Nas proximidades do centro da cidade e da orla marítima, são encontrados bancos de areia chamados de “coroas”, que ficam descobertos quando das marés baixas, possibilitando passeios e banhos em piscinas naturais.

 

Alimentação

Os frutos do mar são abundantes na região desde robustas lagostas e camarões às várias espécies de peixes e moluscos, preparados e servidos das mais variadas formas. Não deixe de experimentar também o bolo de goma, uma especialidade do município, que é preparado pelos moradores do Distrito de São Bento.

 

Hospedagem

Há muitas opções de hospedagem em Maragogi. Desde pousadas mais simples até hotéis mais sofisticados.

 

Dicas gerais

Protetor e camiseta são recomendáveis para evitar o sol forte do Nordeste.

 

Atrações

Barra Grande: Uma das praias de Maragogi que o turista encontra águas calmas e límpidas, formando piscinas naturais. Local é próprio para o mergulho e caminhadas na orla.

Fazenda das Marrecas: O passeio de bike é bem leve, mesmo quem não tem preparo consegue fazer numa boa. A saída é do centro de Maragogi e segue pela antiga estrada de terra que ligava Recife a Maceió. Há um pequeno trecho de estrada de asfalto até entrar na Fazenda das Marrecas. Após passar pela sede da fazenda há uma bica deliciosa e refrescante, onde é possível tomar uma boa ducha antes de retornar.

Mergulho nas Galés: É a principal atração de Maragogi e com razão. Para chegar às galés é preciso pegar um catamarã, que demora em média 15 minutos até as piscinas naturais. Assim que você entra na água milhões de peixinhos do tipo sargentinho te rodeiam. A quantidade de peixes é surpreendente. Neste local, além de fazer o mergulho livre, também há a possibilidade de mergulhar com cilindro.

Praia de São Bento: Pouco visitada pelos turistas, a praia é pouco visitada pelos turistas e quase deserta. Por sua proximidade ao Rio Maragogi, suas águas são escuras.

Praias do Norte: A excursão passa pelas praias de Bugalhau, Barra Grande, Xaréu, Antunes, Ponte do Mangue, Dourado e Peroba, última praia antes da divisa entre Alagoas e Pernambuco. O passeio é feito todo pela beira mar. As praias são maravilhosas. Em Antunes há grandes bancos de areia que permitem com que as pessoas caminhem quilômetros dentro d’água sem que a água ultrapasse a altura dos joelhos. Em Peroba há uma barreira de corais, onde é possível mergulhar.

São Bento: A praia de São Bento fica localizada em uma vila de pescadores, após a ponte do Rio Salgado. As águas da praia são escuras por conta do encontro com as águas do Rio Maragogi. Quem busca tranquilidade, o local é ideal.

 

http://webventura.estadao.com.br



Publicidade

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.