Ambiente Ecoturismo

Joanópolis - SP

Com cerca de 10 mil habitantes, Joanópolis poderia ser considerada a Capital do Lobisomem, mas entre sua extensão mostra uma repleta variedade de paisagens naturais, onde os mais diversos esportes podem ser praticados em parceria com a natureza.

Envie para um amigo

Conhecida como estância turística, a cidade fica bem próxima da divisa com Minas Gerais, suas várias nascentes e montanhas contribuem para diversificar suas atrações e trazer muita diversão e vastas formas de apreciarem suas qualidades.

 

História e Cultura

A história deste município tem origem nas antigas rotas de bandeirantes e de desbravadores que se dirigiam as Minas Gerais, existindo menção desta região já em 1749. No entanto, a fundação oficial aconteceria em 1878 quando no pequeno bairro intitulado Curralinho, situado no município de Santo Antonio da Cachoeira realizou-se uma Festa a São João Batista (24 de junho) e nesta festa resolveram edificar uma capela ao santo do dia e elegeram o mesmo como padroeiro da nova cidade. O terreno para construção da cidade foi doado por Luiz Antonio Figueiredo e João José Batista Nogueira. Concluída a Capela o Sr. Anselmo Caparica traçou o planejamento, alinhamento e nivelamento da futura cidade; com o rápido desenvolvimento econômico do café, foi elevada a categoria de distrito em 13/03/1891 e a município em 17/08/1895. Em 18/12/1917, passou a chamar-se Joanópolis (cidade de João).

 

Clima

Possui um clima ameno típico da montanha com temperatura média anual em torno dos 16ºC.

 

Vegetação e relevo

Situada nos contrafortes da Mantiqueira, sendo considerada manancial de águas, possuindo importantes nascentes e a represa do sistema Cantareira com espelho d'água de aproximadamente 50Km², além disso orgulha-se de manter uma das maiores reservas de mata nativa do Estado.

Relevo acidentado e diversidade de flora e riqueza de recursos hídricos. Cercada pelas altas montanhas da Serra do Lopo, alterna-se entre vales e morros por onde correm seus riachos formando exuberantes cachoeiras, entre elas a Cachoeiras dos Pretos com mais de 150 metros de queda.

 

Alimentação

Cozinha se aproxima muito da mineira, como pratos típicos como leitão a pururuca, tutu, costelinha, feijão tropeiro entre outras. Com vários restaurantes e variedade de tipos de comida.

 

Hospedagem

A cidade possui um grande número de pousadas e hotéis, além de locações de chalés e casas de campo.

 

Dicas gerais

Vá preparado, pois devido ao clima de montanha, mesmo com o sol durante o dia à noite as temperaturas caem bastante, levar agasalho e roupas quentes.

 

Atrações

Alpinismo e trilhas: Há diversas pedras que podem ser escaladas ou mesmo chegar ao seu topo por trilhas. Pedra do Lopo, com 1750m, a do Carmo com 1900m e a do Selado com 2.070m.

Bóia-cross: Um ótimo passeio pelo rio da Cachoeira dos Pretos com 3 quilômetros de distância e duração de 45 minutos. A Cachoeira das Bruxas é outro ponto bom para essa prática e fica há 15 quilômetros do centro da cidade.

Cachoeira dos Pretos: Fica a 18 quilômetros do centro de Joanópolis. O acesso é fácil e bem sinalizado: são 6 quilômetros de estrada asfaltada e os últimos 12 quilômetros por estrada de terra. Utilize a Rodovia Fernão Dias (BR-381), prossiga até o km 2 e pegue a Saída nº 2 para Joanópolis. Continue por mais 18 quilômetros pela Estrada Entre Serras e Águas que interliga Joanópolis a Fernão Dias. O local dispõe de estacionamentos e toda infra-estrutura para receber o turista. Nela está localizada o Parque de Aventuras que dispõem de atividades como: arvorismo, bóia-cross, trilhas, etc.

Off-road e MotoCross: Estradas que ligam Joanópolis ao sul de Minas Gerais, além é claro da belíssima estrada que vai para São Francisco Xavier, cuja aventura pode começar por estradas de Piracaia, passando pelo bairro da Cachoeira dos Pretos, indo pelo Retiro, chegando a São Francisco.

Pedra do Medo: Com 1475 metros de altitude, a Pedra do Medo oferece um bonito visual: dali se avista o Gigante Adormecido, o Pico do Selado, a Cachoeira Iponina e cidades do Vale do Paraíba. O local só pode ser alcançado a pé ou a cavalo e, por estar localizado em propriedade particular, exige o acompanhamento de guia autorizado.

Represa Jaguari-Jacareí: A dois quilômetros do centro da cidade, a represa formada pelos rios Jaguari e Jacareí é outra boa opção de passeio em Joanópolis. Com uma área total de 50 km², a represa possui vários mirantes que proporcionam bonitos visuais, além de oferecer uma série de atrativos para os amantes dos esportes náuticos, tais como passeios de barco, jet-ski e pescaria.

Trilha: Com 2 quilômetros de distância tendo acesso para 3 piscina da cachoeira e mais 2 quedas d´água com opção de terminar (descer) por rapel.

 

http://webventure.estadao.com.br



Publicidade

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.