Ambiente Ecoturismo

Brasília - DF

A cidade que centraliza o comando do Brasil não deve ser vista com um olhar austero. Brasília é uma região charmosa, com seus gramados, monumentos, opções de lazer, e tão arborizada que pode ser considerada uma cidade parque.

Envie para um amigo

A cidade que centraliza o comando do Brasil não deve ser vista com um olhar austero. Brasília é uma região charmosa, com seus gramados, monumentos, opções de lazer, e tão arborizada que pode ser considerada uma cidade parque. Sua arquitetura moderna também impressiona, e estes diferenciais dão aquele empurrãozinho em quem sempre teve vontade de conhecer a cidade. Afinal, Brasília não tem apenas roteiros cívicos e históricos marcantes. A cidade reserva atividades como paint-ball, tirolesa com 1.220 m de extensão - uma das maiores do Brasil -, canyonismo, trekking, hiking, e muito mais para aqueles que querem conhecer o centro político do país, mas que não conseguem viver longe da aventura.

 

História  e Cultura

Inaugurada no dia 21 de abril de 1960 pelo presidente Juscelino Kubitschek, Brasília, sede dos três poderes da República, é a cidade do país em que pulsa mais forte o sentimento de patriotismo. Projetada pelo arquiteto e urbanista Lúcio Costa, com a ajuda de seu ex-aluno, Oscar Niemeyer, a capital do Distrito Federal consiste numa obra prima modernista que se estende por uma área total de 472,12 Km². Sua construção teve início em 1956 e contou com a ajuda de trabalhadores vindos espontaneamente de todos os cantos do País, os chamados ‘candangos’, que se tornaram os primeiros habitantes da cidade. Mil dias depois, Brasília seria anunciada como nova capital do Brasil. Tombada em 07 de dezembro de 1987 como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade pela UNESCO, Brasília teve a honra de ser o único monumento arquitetônico com menos de cem anos a receber essa homenagem. A capital reúne todos os povos do Brasil em um só lugar, é uma unidade, mas com muitos perfis, um feixe de Brasis. Daí saiu o nome ‘Brasília’, como é chamado o Brasil na língua latina. Palco de importantes acontecimentos do cenário político brasileiro, Brasília traz uma série de espaços, museus e memoriais que dão conta de narrar a história da capital do Brasil.

 

Clima

O clima em Brasília é tropical, continental de altitude e se divide em temporadas secas e chuvosas. A estiagem vai de abril a setembro, já as chuvas, ocorrem de outubro a março. Durante o ano, o mês mais seco costuma ser agosto, e o mais frio, julho. A temperatura média anual oscila entre 22 e 28 graus.

 

Vegetação e relevo

Formada principalmente pelo bioma cerrado, Brasília apresenta cerca de 150 espécies de plantas.

O relevo da região é constituído de unidades suaves, que dificilmente ultrapassam mil metros de altitude.

 

Alimentação

Brasília tem duas receitas que em nenhuma outra parte do país se faz igual: o crepe (não aquele no palito, o dobrado no prato) e a pizza dom-bosco, de massa mais grossa, parecida com pão. Exceto essas iguarias da região, a cidade oferece uma diversidade de pratos, para acompanhar a colonização mista que possui, com um pouquinho de cada pedaço do Brasil.

 

Hospedagem

Por ser a capital federal, Brasília possui uma rede hoteleira muito diversificada, contando com hotéis de luxo de padrão internacional e simples pousadas.

 

Dicas gerais

Localizada no coração do Brasil, Brasília é uma cidade muito quente. Tome cuidado com o sol, use sempre protetor solar e hidrate-se, principalmente se for fazer atividades esportivas. Não encoste em árvores antes de verificar se elas estão firmes e saudáveis ou se não há animais como taturanas e aranhas no tronco. Use botas ou tênis usados, pois os novos podem causar bolhas.

 

Atrações

Chapada Imperial:  Pertence à área de proteção ambiental (APA) do Cafuringa. Com diversas cachoeiras e piscinas naturais propicia a prática de rapel. Pacotes: R$ 40,00 e R$ 50,00 (incluindo transporte).

 

Ecoparque Barra do Dia:  O local ideal para quem busca harmonia com a natureza e integração com ela através dos esportes. Com arvorismo, canyonismo, hiking, trekking, cavalgada, cachoeiras, piscinas, paint-ball e a maior tirolesa do Brasil em extensão vai ser difícil não se animar. E você ainda fica com a consciência tranqüila por praticar esportes em um local em que 75% da área é preservada e utilizada pelo IBAMA como espaço para que animais silvestres aprendidos sejam soltos.

 

Jardim Botânico: Abrange 4.518 hectares, mas a visitação é permitida em uma área de 526 hectares. Além de ser detentor de 1/3 das espécies brasileiras, oferece uma trilha ecológica com cerca de 4.500 m, onde podem ser observadas formações vegetais que compõem a região dos cerrados: cerrado típico (sensu-strictu), cerrado denso, campo sujo (frequência de canela-de-ema), campo úmido (veredas) e mata de galeria.

Outras espécies que produzem frutos comestíveis também podem ser encontradas pelo caminho.

Local: Setor de Mansões Dom Bosco, conjunto 12 (entrada pela QI-23 do Lago Sul). A visitação pode ser feita de 3ª a domingo, das 9h às 17h. Ingresso: R$ 2,00. Contato: (61) 3366-3007

 

Jardim Zoológico: Exuberantes animais da fauna brasileira podem ser vistos no zoológico de Brasília: as onças pintada e a parda, a lontra, as ariranhas, o lobo-guará. Pássaros como o quero-quero e as araras-azuis também podem ser conferidas no local, que reúne aproximadamente 60 mil espécies animais.

Local: Avenida das Nações Saída Sul. A visitação pode ser feita de terça a domingo, das 9h às 17h. Ingresso: R$ 2,00.

 

Lago Paranoá: Feito na época da construção de Brasília, o Lago Paranoá tem função estratégica, além de ponto turístico. Sua finalidade é aumentar a umidade relativa do ar, principalmente entre junho e outubro. Uma barragem no Rio Paranoá, construída em meados de 1959, deu origem ao lado de mesmo nome.

Diversas competições de canoagem, vela e esportes náuticos são disputadas no Lago, além de ter se tornado um cartão postal de Brasília.

Parque da Cidade de Brasília Sarah Kubitschek: Com uma área de 4,2 milhões de m², o Parque da Cidade, como ficou conhecido, é uma das principais áreas de lazer de Brasília. Situado no centro, o parque tem o terceiro maior pavilhão coberto para exposições do Brasil, e possui ainda restaurantes, kartódromo, ciclovia, bosques, anfiteatro, centro hípico, entre outras opções para entretenimento.

Local: Asa Sul de Brasília (entradas pelo eixo Monumental, setor de Indústria e Quadras 901, 906 e 910 Sul). A visitação pode ser feita todos os dias, das 5h às 24h. Contato: (61) 3325-1092.

 

Parque Nacional de Brasília: Chamado de Água Mineral, o parque foi criado para, prioritariamente, arborizar a capital do Brasil. As piscinas formadas a partir de poços d’água são a principal atração do local, que conta ainda com trilhas ecológicas e centro de visitantes na área de 30 mil hectares.

Local: Estrada Parque Indústria e Abastecimento-Saída Norte de Brasília. A visitação pode ser feita todos os dias, das 8h às 16h. Ingresso: R$ 3,00. Contato: (61) 3465-2016

 

Praça dos Três Poderes: É o espaço que integra os três poderes da República: Executivo, Legislativo e Judiciário. A união da arte com a arquitetura leva o turista a refletir sobre a sua relação com o Estado por conhecer onde acontecem as decisões políticas e administrativas de seu país de origem.

 

Taguaparque: Localizado entre Taguatinga e Vicente Pires, o parque teve a primeira fase inaugurada em junho de 2009 e a previsão para a segunda fase será em 2010.

O Taguaparque conta com uma área de 89 hectares (equivalente a 107 campos de futebol). O projeto conta com equipamentos de ginástica, playground, pista de cooper de 2 quilômetros, além de quadras poliesportivas e de futebol society.

Para os aventureiros, uma pista de jipecross de 700 metros e uma de motocross com 1,3 quilômetros.

http://webventure.estadao.com.br



Publicidade

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.