Ambiente Agropecuário

Plantas Tóxicas

Os dados são do Sinitox (Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas). A organização - criada para fornecer informações sobre os agentes tóxicos existentes e que funciona em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz - possui centros de atendimento e informações em 17 Estados brasileiros.

Envie para um amigo

 

 

Nem todas as plantas são tão inofensivas e benéficas quanto parecem. Uma parte das ervas e flores comuns no solo brasileiro escondem venenos perigosos que, se ingeridos em demasia, podem até provocar a morte. As plantas de uso ornamental são as mais perigosas, pois atraem pela sua beleza e estão ao alcance de qualquer pessoa, principalmente das crianças, que são as maiores vítimas de intoxicação, e dos animais domésticos. Os efeitos tóxicos das plantas variam de acordo com as diferentes espécies, sendo comum náuseas, vômitos, diarréia, desidratação, etc.

q

Cerca de 60% dos casos de intoxicação por plantas tóxicas no Brasil acontecem com crianças menores de nove anos - 80% destes casos são acidentais. Os dados são do Sinitox (Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas). A organização - criada para fornecer informações sobre os agentes tóxicos existentes e que funciona em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz - possui centros de atendimento e informações em 17 Estados brasileiros. De acordo com o Sinitox, em 1999, foram registrados 1.636 casos de intoxicação por plantas no Brasil, sendo que três deles culminaram com a morte dos pacientes. Uma das mortes resultou do uso de erva para indução ao aborto. Estes são os números mais recentes da entidade, já que os dados de 2000 ainda não foram tabulados. A intoxicação acontece, na maioria das vezes, por desconhecimento.

Além do socorro médico, quem trabalha nos Centros oferece o primeiro atendimento por telefone. Em casos de envenenamento infantil, mais freqüentes, a mãe informa o que a criança ingeriu, como ela está e então é indicado o que pode ser feito naquele momento. Dependendo da quantidade de plantas ingeridas e dos efeitos provocados, o paciente deve ser encaminhado ao posto médico mais próximo.

 

Telefones para Informações

Os Centros de Controle de Intoxicações funcionam 24 horas por dia e oferecem atendimento também por telefone. Os endereços e telefones por Estados podem ser informados pelos seguintes números:

 

 Cidades  Telefones
 Curitiba - CIT/PR  0800.410.148
 Florianópolis - CIT/SC  (48) 331.9535
 Porto Alegre - CIT/RS  0800.780.200
 Salvador - CIAVE/BA  0800.284.4343
 São Paulo - CEATOX/SP   0800.148.110
 São Paulo - CCI/SP  (11) 5011.5111 

 

Algumas Recomendações:

1. Mantenha as plantas venenosas fora do alcance das crianças e dos animais domésticos.

2. Conheça as plantas venenosas existentes em sua casa e nos arredores pelo nome e características.

3. Ensine as crianças a não colocar plantas na boca e não utilizá-las como brinquedos ("fazer comidinhas", "tirar leite", etc.).

4. Não prepare remédios ou chás caseiros com plantas sem orientação médica.

5. Não coma folhas, frutos, sementes e raízes desconhecidas. Lembre-se de que não há regras ou testes seguros para distinguir as plantas comestíveis das venenosas. Nem sempre o cozimento elimina a toxicidade da planta.

6. Tome cuidado ao podar as plantas que liberam látex (espécie de leite) provocando irritação na pele e principalmente nos olhos. Evite deixar os galhos em qualquer local onde possam vir a ser manuseados por crianças; quando estiver lidando com plantas venenosas use luvas e lave bem as mãos após esta atividade.

7. Em caso de acidente, procure imediatamente orientação médica e guarde a planta para identificação.

8. Em caso de dúvida, ligue para o Centro de Intoxicação de sua região.

 

Primeiros Socorros:

  • Retire da boca o que resta da planta, cuidadosamente;
  • Enxague a boca com água corrente abundante;
  • Faça ingerir água, leite, clara de ovo;
  • Examine a língua e a garganta para verificar a irritação causada;
  • Procure um médico;
  • Guarde a planta para identificação: informe-se sobre nome e características da planta.

 

Fonte: Sinitox - www.fiocruz.br/sinitox


Você vai gostar de ler também

Publicidade
Confira as principais Tags do ambiente Agropecuário Açai Acerola Agricultura Agroecologia Agroflorestais Agropecuária Agropecuárias Agrotóxicos Água Alimentação Alimentos Orgânicos Ambientais Ambiental Animais Animal Orgânico Área de Preservação Assentamento Atividades econômicas Autossuficiência Avaliação Benefícios Bibliografia Biodinâmica Biodiversidade Biologia do Solo Biológicas Biorremediação Braquiárias Brasil Café Camu-Camu CAR Características Caramujo Censo Agropecuário Cerca Ecológicas Certificação de Produtos Ciclo do Carbono Clima Cobertura do solo Como Fazer Comprimento da rampa Conceito Conservação Conservação Ambiental Consumo Contaminação Contaminação ambiental Controle Controle Ambiental Controle de praga Convencional Corte Crescimento Econômico Critérios Cultura Cupim Dano e efeitos ambientais DDT Declive Definição Dejetos Desertificação Dessalinização Desvantagens Dificuldades Dioxina Doenças Ecologia Educação Energia Alternativa Erosão Estratégico Estrutura Estrutura Fundiária EXemplos Exploração Extensão Extinção Fatores Feijão Fertilização Fertilizantes Físicas Fitoterápico Florestal Florestas Fontes Energéticas Frutas Nativas Gado de corte Grãos Hidropônico História Impactos Ambientais Indicadores Inseticidas Legislação Lodo Mandioca Manejo Manejo Sustentável Mata Atlântica Matéria Orgânica Medicina Meio Ambiente Migratória Monitoramento Mosca-dos-chifres Natural Nitrogênio Nutrientes Objetivos Ondas do mar Operacional Orgânico Pantanal Particulados Pastagem Pecuária Perda de solo Perigos Permacultura Pesquisa Científica Pimenta Planejamento Planta medicinal Planta Tóxicas Plantas Política Polpa congelada Práticas Conservacionistas Princípios Problemas ecológicos Procedimento Procedimentos Proibidos Produção Produtividade Produtos Programas Projetos Propriedade do solo Proteção Qualidade Nutricional Queimada Químicas Reciclagem Recuperação Ambiental Recursos Naturais Reflorestamento Regiões Requisitos Reserva Legal Rios Riscos à saúde Roraima Rural Saúde Selos Sistema Educativo Situação Soja Solos Suinocultura Tático Técnicas Tecnologia Tipos de Agricultura Topografia Tradicional Transporte Tratamento Tratamento de Efluentes Urbano Uso de terras Uso do Solo Usos Vantagens Velocidade Veneno Vento

Resolução míninina de 1024 x 768 © Copyright 2000-2017 Todos os direitos reservados. O conteudo deste Site é de propriedade do Ambiente Brasil S/S Ltda. Nenhuma parte poderá ser reproduzida sem permissão por escrito do Portal.